Diferenças entre edições de "António Caetano de Sousa"

63 bytes adicionados ,  17h13min de 4 de junho de 2020
m
O índice foi impresso em 1749, com o título ''Indice geral dos appellidos, nomes proprios, e cousas notaveis que se comprehendem nos treze tomos da Historia Genealogica, e dos documentos comprehendidos nos seis volumes das Provas com que se acha autorisada a mesma Historia'', constituindo um importante estudo analítico do conteúdo daquelas obras<ref>[http://books.google.pt/books?id=161BAAAAcAAJ&pg=PA66&dq=%22Joseph+Rodrigo+da+Camara+%2B+%C3%8Dndices+Gerais+da+Hist%C3%B3ria+Geneal%C3%B3gica%22&pg=PP7#v=onepage&q&f=false Índice Geral dos 12 Tomos da História Genealógica e dos 6 Tomos das Provas]; Google livros</ref>.
 
A partir dos estudos feitos sobre a casa real, António Caetano de Sousa publicou a obra intitulada ''[[Memorias Historicas e Genealogicas dos Grandes de Portugal|Memorias historicas e genealogicas dos Grandes de Portugal]]'', impressa em [[1739]]. Como seria de esperar, a obra foi tão popular que se fizeram reedições em [[1742]] e [[1755]]<ref>[http://books.google.pt/books?id=0R6yi-XHaBIC&printsec=frontcover&source=gbs_ge_summary_r&cad=0#v=onepage&q&f=false Memórias históricas, e genealógicas dos grandes de Portugal, que contém a origem, e antiguidade de suas famílias: os estados, e os nomes dos que actualmente vivem, suas árvores de costado, as alianças das casas, e os escudos de armas, que lhes competem, até o ano de 1754]; Google livros</ref>, a última das quais muito aumentada e corrigida pelo autor.
 
D. João V, além da pensão de 100$000 réis que lhe dera, nomeou António Caetano de Sousa deputado da [[Junta da Bula da Santa Cruzada]] e deu o foro de fidalgo a um seu sobrinho. Posteriormente, o monarca aposentou-o no lugar de deputado da Junta da Bula, com o ordenado de 350$000 réis, e deu 100$000 réis de pensão pelas capelas que vagassem a seu sobrinho, para além de 12$000 réis de tença a um seu segundo sobrinho.