Diferenças entre edições de "Aceria litchii"

385 bytes adicionados ,  17h32min de 7 de junho de 2020
sem resumo de edição
m (Correção ortográfica.)
{{Info/Taxonomia
[[Ficheiro:Lychee mites 1.jpg|miniaturadaimagem|Manifestação do Aceria Litchii nas folhas da porção terminal dos ramos.]]
| imagem = Lychee mites 1.jpg
O ácaro da erinose da lichia (Aceria litchii), considerado a principal praga da [[Litchi chinensis|lichia]], ataca, sobretudo, as folhas da porção terminal dos ramos, porém, em casos mais severos de infestação, atinge as inflorescências e frutos, podendo comprometer a produção. Entre os sintomas do ataque estão o enrugamento das folhas e a formação de bolhas na epiderme foliar.<ref>{{Citar web|titulo=GR Responde: Como se livrar do ácaro que ataca os pés de lichia|url=https://revistagloborural.globo.com/vida-na-fazenda/gr-responde/noticia/2017/12/gr-responde-como-se-livrar-do-acaro-que-ataca-os-pes-de-lichia.html|obra=Revista Globo Rural|acessodata=2019-12-19|lingua=pt-br}}</ref>
[[Ficheiro:Lychee| mitesimagem_legenda= 1.jpg|miniaturadaimagem|Manifestação do ''Aceria Litchiilitchii'' nas folhas da porção terminal dos ramos.]]
| reino= [[Animalia]]
| filo= [[Arthropoda]]
| classe = [[Arachnida]]
| subclasse = [[Acarina]]
| ordem = [[Trombidiformes]]
| superfamília = [[Eriophyoidea]]
| família = Eriophyidae
| espécie = Aceria litchii
| espécie_autoridade = (Keifer, 1943)
}}
 
O '''ácaro -da -erinose -da -lichia''' (''Aceria litchii''), considerado a principal praga da [[Litchi chinensis|lichia]], ataca, sobretudo, as folhas da porção terminal dos ramos, porém, em casos mais severos de infestação, atinge as inflorescências e frutos, podendo comprometer a produção. Entre os sintomas do ataque estão o enrugamento das folhas e a formação de bolhas na epiderme foliar.<ref>{{Citar web|titulo=GR Responde: Como se livrar do ácaro que ataca os pés de lichia|url=https://revistagloborural.globo.com/vida-na-fazenda/gr-responde/noticia/2017/12/gr-responde-como-se-livrar-do-acaro-que-ataca-os-pes-de-lichia.html|obra=Revista Globo Rural|acessodata=2019-12-19|lingua=pt-br}}</ref>
<br />
 
== Ocorrência ==
No Brasil, ''Aceria litchii'' foi listada em 2007, como praga quarentenária<ref>{{Citar web|titulo=Legislação: Instrução Normativa - 52, de 20/11/2007|url=https://www.defesa.agricultura.sp.gov.br/legislacoes/instrucao-normativa-52-de-20-11-2007,806.html|obra=Defesa Agropecuária do Estado de São Paulo|acessodata=2019-12-19|lingua=pt-br}}</ref>. Nos meses de julho e agosto de 2007, foram observados sintomas severos do ataque de ''Aceria litchii'' em plantas de lichia nos municípios paulistas de [[Tambaú]] e [[Casa Branca]], contudo não foi capturado nenhum ácaro dessa espécie. Em fevereiro de 2009, sintomas severos provocados pelo ácaro-da-erinose foram observados pelos autores em pomar de lichia, no município de [[Mogi Guaçu|Mogi-Guaçu]] (SP), sem a obtenção de o ácaro nas amostras coletadas. Em abril de 2008, no município de [[Limeira]], em pomar comercial da variedade Bengal, com 13 anos de idade, foi detectada a presença de ''Aceria litchii'' em folhas, cujos sintomas de erinose foram inicialmente observados pelo proprietário em janeiro do mesmo ano. Nessa ocasião, as 3.000 plantas do referido pomar apresentavam folhas novas e desenvolvidas com algum grau de sintoma de ''Aceria litchii'', sendo parte das plantas com nível severo de ataque. Trata-se do primeiro registro de ''Aceria litchii'' em lichieiras no Brasil.<ref>{{citar web|url=http://www.scielo.br/pdf/rbf/v32n2/aop4610.pdf|titulo=PRIMEIRO RELATO DE ACERIA LITCHII EM PLANTAS DE LICHIA NO BRASIL|data=Junho de 2010|acessodata=19/12/2019|ultimo=RAGA, MINEIRO, SATO, MORAES, FLECHTMANN|primeiro=ADALTON, JEFERSON, MÁRIO, GILBERTO, CARLOS}}</ref>
 
== Ação ==
O ácaro se instala na face inferior da folha para se proteger da incidência solar direta, e, à medida em que vai sugando a seiva da planta, excreta um líquido açucarado que serve de substrato para a colonização depor ''Cephaleuros virescens'' ([[Chlorophyta]]: [[Trentepohliaceae]]), uma alga de coloração amarronzada, com um aspecto de camurça ou veludo.<ref>{{Citar web|titulo=GR Responde: Como se livrar do ácaro que ataca os pés de lichia|url=https://revistagloborural.globo.com/vida-na-fazenda/gr-responde/noticia/2017/12/gr-responde-como-se-livrar-do-acaro-que-ataca-os-pes-de-lichia.html|obra=Revista Globo Rural|acessodata=2019-12-20|lingua=pt-br}}</ref>
 
== Controle ==
A primeira etapa do controle é feita com a poda dos ramos com sintomas ou, se necessário, com a eliminação de toda a folhagem da planta. Retire do local e queime o material residual, para evitar que o ácaro se dissemine pelo vento para outras áreas.
 
[[Enxofre]], [[fenpiroximato]] e [[hexitiazoxi]] mostraram-se os mais eficientes contra ''Aceria litchii'', enquanto [[azadiractina]], seguida por [[fenpiroximato]] e [[hexitiazoxi]], foram os mais seletivos para o predador. Os resultados obtidos são considerados importantes para o estabelecimento de um programa de manejo de ''Aceria litchii'' no [[São Paulo (estado)|Estado de São Paulo]].<ref>{{Citar periódico|data=2013-02-07|outros=Moraes, Gilberto Joséde [UNESP], Yamamoto, Pedro Takao [UNESP], Universidade Estadual Paulista (UNESP)|titulo=Dinâmica populacional e controle do ácaro ''Aceria litchii'' Keifer (Prostigmata: Eriophyidae) em plantas de lichia|url=https://repositorio.unesp.br/handle/11449/91305|lingua=pt-br}}</ref>
 
{{Referências}}
4 542

edições