Yokosuka MXY-7 Ohka: diferenças entre revisões

284 bytes adicionados ,  23h28min de 10 de junho de 2020
== Características ==
[[Ficheiro:G4M Type 1 Attack Bomber Betty launching Baka G4M-10.jpg|thumb|220px|direita|Um [[bombardeiro]] [[Mitsubishi G4M]] lançando um Ohka.]]
O ''Ohka'' era um [[míssil de cruzeiro]] tripulado, para [[ataque suicida]], carregado sob [[bombardeiro]]s [[Mitsubishi G4M]] "Betty", [[Yokosuka P1Y]] Ginga "Frances" (Tipo 22 guiado) e no cancelado bombardeiro pesado [[Nakajima G8N]] Renzan "Rita" (tipo 43A/B) até próximo do alvo; ao ser liberado, o piloto planava rumo ao alvo e quando próximo o suficiente, acionava o [[motor de foguete]]<ref>{{citar web|URL=https://www.militaryfactory.com/aircraft/detail.asp?aircraft_id=483|título=Yokosuka MXY7-K1 Ohka (Cherry Blossom)|autor=Dan Alex, JR Potts|data=27 de março de 2017|publicado=Military Factory {{en}}|acessodata=10 de junho de 2020}}</ref> do Ohka, guiando o míssil para que impactasse contra o navio que pretendia destruir. A abordagem final praticamente não podia ser abortada (especialmente no Tipo 11) por conta da tremenda velocidade ganha pela aeronave. Versões posteriores foram projetadas para serem lançadas de bases aéreas costeiras e cavernas, e mesmo de [[submarino]]s equipados com [[catapulta]]s, embora nenhum tenha sido realmente utilizado desta forma. Aparentemente, o registro operacional dos Ohkas usados em combate incluem três navios afundados ou seriamente danificados e três outros navios com danos significativos.
 
Concebido pelo [[guarda-marinha]] Mitsuo Ohta do 405º [[Kokutai]] com o auxílio de estudantes do Instituto de Pesquisa Aeronáutica da [[Universidade de Tóquio]], os projetos foram submetidos à unidade de pesquisa da Yokosuka. A [[Marinha Imperial Japonesa]] aprovou a ideia e os [[engenheiro]]s da Yokosuka no Primeiro Escritório Aerotécnico Naval Yokosuka (Kugisho) criaram os esquemas formais do que seria o MXY7. A única variação a entrar em serviço foi o Modelo 11, o qual era propulsado por três foguetes Tipo 4 Marca 1 Modelo 20. Foram construídos 150 na Yokosuka e outros 600 foram construídos no Arsenal Aeronaval de [[Kasumigaura]], [[Ibaraki]].
Utilizador anónimo