Diferenças entre edições de "Chaby Pinheiro"

786 bytes adicionados ,  09h46min de 12 de junho de 2020
Correção do local do local de falecimento, com base no site ‘Nós, Portugueses’, utilizando fontes da Paróquia da Madalena, de Lisboa, onde consta registo de baptismo de Chaby Pinheiro, bem como o nome e dados da esposa e o óbito, registado na Conservatória do Registo Civil de Sintra.
(Correção do local de falecimento e adição da freguesia de nascimento.)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
(Correção do local do local de falecimento, com base no site ‘Nós, Portugueses’, utilizando fontes da Paróquia da Madalena, de Lisboa, onde consta registo de baptismo de Chaby Pinheiro, bem como o nome e dados da esposa e o óbito, registado na Conservatória do Registo Civil de Sintra.)
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
== Biografia ==
António Augusto de Chaby Pinheiro nasceu em 12 de Janeiro de 1873 em Lisboa, na freguesia da [[Madalena (Lisboa)|Madalena]], filho de Fortunato Emídio Duarte Pinheiro e Margarida Luísa Pereira d’Eça Chaby.<ref name="A">{{citar livro |autor= |título=Enciclopédia Larousse |volume=14 |isbn=978-972-759-934-9 |acessodata=2008-02-06}}</ref><ref name="B">{{citar livro |autor= |título=Grande Enciclopédia Universal |volume=15 |isbn=84-96330-15-x |acessodata=2008-02-06}}</ref><ref name="D">{{citar livro |autor= |título=Grande Livro dos Portugueses |isbn=972-42-0143-0 |acessodata=2008-02-06}}</ref><ref name="CET">{{citar web |autor=|data=13 de Novembro de 2012 |url=http://ww3.fl.ul.pt/CETbase/reports/client/Report.htm?ObjType=Pessoa&ObjId=18287 |título=Ficha de Pessoa : "Chaby Pinheiro " |publicado=Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal |acessodata=2016-05-16}}</ref><ref>{{citar web|url=https://nosportugueses.pt/pt/nome/141843/antonio-augusto-de-chaby-pinheiro|titulo=António Augusto de Chaby Pinheiro|data=|acessodata=12 Junho 2020|publicado=Nós, Portugueses|ultimo=|primeiro=Nós, Portugueses}}</ref>
[[Imagem:Chaby Pinheiro in 'Contemporanea' 1915 - Clichês Furtado e Reis.png|esquerda|miniaturadaimagem|Chaby Pinheiro em ''Contemporanea'' - Clichês Furtado e Reis (1915).]]
{{carece de fontes2|Era de ascendência [[Franceses|Franco]]-[[Suíça]].|data=janeiro de 2019}} Estudou na [[Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa|Faculdade de Letras]] da [[Universidade de Lisboa]] mas não terminou a [[licenciatura]].<ref name="D" /> Trabalhou na [[Direcção-Geral dos Correios, Telégrafos e Faróis]].<ref name="D" />
A sua representação foi condicionada pelo facto de ser [[Obesidade|obeso]].<ref name="B"/> Destacou-se essencialmente como [[Comédia|cómico]], tanto em [[Reino de Portugal|Portugal]] como no [[República Velha|Brasil]].<ref name="B"/> Em 1931 participou em ''Xá Bi Tudo'', de [[Fernando Ávila (cineasta)|Fernando Ávila]], aquela que seria a sua última revista, retirando-se definitivamente da vida artística.<ref name="CET" />
 
Chaby Pinheiro morreu em 6 de Dezembro de 1933, aos 60 anos, em Lisboa[[Algueirão - Mem Martins|Algueirão-Mem Martins]], sendo sepultado no [[Cemitério do Alto de São João]].<ref name="A"/><ref name="B"/><ref name="D"/><ref name="CET" /> Foi casado com Jesuína Pereira de Oliveira (1865-1947), também actriz.<ref>{{citar web|url=https://nosportugueses.pt/pt/nome/592374/jesuina-pereira-de-oliveira|titulo=Jesuína Pereira de Oliveira|data=|acessodata=12 Junho 2020|publicado=Nós, Portugueses|ultimo=Portugueses|primeiro=Nós}}</ref>
 
As [[Memórias]] de Chaby Pinheiro foram publicadas postumamente, em 1938.<ref name="B" />
796

edições