Claire Bloom: diferenças entre revisões

789 bytes adicionados ,  14h37min de 12 de junho de 2020
sem resumo de edição
Apareceu em várias peças em Londres e [[Nova Iorque]]. Dentre estes trabalhos destacam-se ''Look Back in Anger'', ''[[Rashomon]]'' e o papel que lhe é o favorito, em ''[[Um Bonde Chamado Desejo]]'', de [[Tennessee Williams]]. Destacou-se ainda por interpretar vários monólogos em suas performances teatrais.
 
Seu primeiro filme foi em [[1948]] — ''[[The Blind Goddess]]''. Em [[1952]] deu a voz à personagem da Pastora no filme ''[[Le Roi et l'Oiseau|The Curious Adventures of Mr. Wonderbird]]''<ref>http://www.mtv.com/movies/movie/83994/moviemain.jhtml</ref><ref>http://www.worldcat.org/title/curious-adventures-of-mr-wonderbird/oclc/62326049?referer=di&ht=edition</ref><ref>http://www.primewire.ag/watch-22209-The-Curious-Adventures-of-Mr-Wonderbird</ref>, filme de animação francesa dobrado para inglês.''' '''Foi escolhida por [[Charlie Chaplin]] nesse mesmo ano para integrar o elenco de [[Luzes da Ribalta]], que a transformou em estrela. Em seguida foi escalada para interpretar papéis de época, em filmes como ''[[Alexander The Great]]'', ''[[The Brothers Karamazov]]'', ''[[The Buccaneer]]'', e ''[[The Wonderful World of the Brothers Grimm]]''. Também fez aparição em ''[[Richard III (1955)|Richard III]]'' de [[Laurence Olivier]], ''[[A Doll's House]]'' de Ibsen, e ainda nos filmes ''[[The Spy Who Came in from the Cold]]'' e ''[[Look Back in Anger]]'', estes dois últimos com [[Richard Burton]].
[[Imagem:Chaplin - Bloom - 1952-1.jpg|thumb|235px|direita|Com Chaplin em Luzes da Ribalta.]]
Em seguida foi escalada para interpretar papéis de época, em filmes como ''[[Alexander The Great]]'', ''[[The Brothers Karamazov]]'', ''[[The Buccaneer]]'', e ''[[The Wonderful World of the Brothers Grimm]]''. Também fez aparição em ''[[Richard III (1955)|Richard III]]'' de [[Laurence Olivier]], ''[[A Doll's House]]'' de Ibsen, e ainda nos filmes ''[[The Spy Who Came in from the Cold]]'' e ''[[Look Back in Anger]]'', estes dois últimos com [[Richard Burton]].
 
Nos anos 1960 fez papéis mais contemporâneos, como uma dona-de-casa enlouquecida em ''[[The Chapman Report]]'', uma psiquiatra no filme premiado do [[Óscar]] ''[[Charly (filme)|Charly]]'', Theodora, em ''[[The Haunting]]'' e uma feiticeira em ''[[The Illustrated Man (filme)|The Illustrated Man]]'' — ao lado do então marido [[Rod Steiger]].
 
Bloom escreveu dois livros com suas memórias sobre a vida e a carreira. O primeiro, ''Limelight and After: The Education of an Actress'', foi lançado em 1982 e aborda seus papéis em filmes e no teatro. O segundo, intitulado ''Leaving a Doll's House: A Memoir'', de 1996, traz maiores detalhes sobre sua vida pessoal, falando não apenas dos casamentos, como dos relacionamentos com [[Richard Burton]] e [[Laurence Olivier]].
 
===Galeria===
{{clr}}
{| class="wikitable"
|[[imagem:Claire Bloom Richard Burton Alexander the Great.jpg|x220px]]
|[[Imagem:John Neville Claire Bloom Romeo and Juliet 1957.JPG|x220px]]
|[[Imagem:GuyPearceClaireBloomJan11.jpg|220px]]
|-
|<center>Com [[Richard Burton]] em <br />[[Alexander The Great]] (1956).</center>
|Contracenando com <br />[[John Neville (ator)|John Neville]] no <br />[[programa de televisão]] <br />''Romeo and Juliet'' <br />produzido pela <br />[[NBC]] em 1957.
|Com [[Guy Pearce]] na cerimônia <br />em que [[Colin Firth]] recebeu <br />sua estrela na [[Calçada da Fama de Hollywood|Calçada da <br />Fama de Hollywood]] <br />(13 de janeiro de 2011).
|}
{{clr}}
 
== Ligações externas ==
Utilizador anónimo