Diferenças entre edições de "Tâmeis"

4 597 bytes adicionados ,  13 junho
Os muçulmanos de Tamil Nadu seguem o [[hanafismo]] e o [[xafeísmo]], enquanto os muçulmanos do Sri Lanka seguem a escola Shadhili. Enquanto as seitas Marakkayar e Kayalar alegam descender do [[mundo árabe]], as seitas Rowther e Labbay alegam descender dos [[povos turcos]]. Todas essas seitas possuem um vocabulário tâmil improvisado com o uso de palavras emprestadas devido a [[miscigenação]]. Erwadi, no distrito de Ramanathapuram, e Nagore, no distrito de Nagapattinam,<ref>{{citar web|URL=http://www.aulia-e-hind.com/Cities.htm|título="Indian Dargah's All Cities"|autor=|data=|publicado=|acessodata=11 de junho de 2020}}</ref> são os maiores centros de peregrinação muçulmana em Tamil Nadu. A mesquita de Karpudayar em [[Kayalpattinam]], a velha mesquita Jumma em [[Keelakarai]] e a grande mesquita de Kazimar em Madurai são algumas das mais antigas mesquitas tâmeis em Tamil Nadu.
 
Entre os antigos tâmeis, a prática de erigir memoriais de pedra (''natukal'') surgiu na época Sangam e continuou por um bom tempo após o final dessa época, até mais ou menos o século XVI.<ref>{{citar livro|autor=Shashi, S.S.|título=Encyclopaedia Indica: India, Pakistan, Bangladesh: Volume 100|editora=Anmol Publications|ano=1996|páginas=|id=}}</ref> Era comum que as pessoas que desejavam alcançar a vitória na guerra adorassem essas "pedras de herói", pois elas acreditavam que, dessa maneira, seriam retribuídas com a vitória.<ref>{{citar livro|autor=Subramanium, N. |título=Śaṅgam polity: the administration and social life of the Śaṅgam Tamils|editora=Ennes Publications|ano=1980|páginas=|id=}}</ref> Esses monumentos, frequentemente, possuíam inscrições, adornos, baixos-relevos, frisos e painéis esculpidos.<ref>{{citar web|URL=http://www.kamat.com/database/content/hero-stones/index.htm|título=Hero-stone Memorials of India|autor=|data=|publicado=|acessodata=12 de junho de 2020}}</ref>
 
Os mais importantes festivais tâmeis são o [[Pongal]], uma festa da colheita que ocorre em meados de janeiro, e o Varudapirappu, o ano-novo tâmil, que ocorre em 14 de abril. Ambos os festivais são celebrados por quase todos os tâmeis, independente da religião. O festival hindu [[Diwali]] é celebrado com fanfarra; outros festivais hindus incluem o Thaipusam, Panguni Uttiram e Adiperukku. Enquanto o Adiperukku é celebrado com mais pompa na região de Cauvery, o festival de Ayyavazhi, Ayya Vaikunda Avataram, é celebrado principalmente nos distritos sulistas de Kanyakumari, [[Tirunelveli]], e [[Thoothukudi]].
 
No Tamil Nadu rural, muitas divindades locais, chamadas ''aiyyan̲ārs'', são tidas como espíritos de heróis locais, que protegem a vila.<ref>{{citar web|URL=http://web.mit.edu/mmj4/www/downloads/future_ant4_1.pdf|título="Horse Shrines in Tamil India: Reflections on Modernity"|autor=Mark Jarzombeck|data=2009|publicado=|acessodata=12 de junho de 2020}}</ref> Frequentemente, sua adoração é centrada em torno do ''naddukal'', pedras erigidas em memória de heróis mortos em combate. Essa forma de adoração é mencionada frequentemente na literatura clássica, e aparenta descender de um antigo costume tâmil.<ref>{{citar livro|autor=|título="'Hero stone' unearthed". The Hindu, 22 July 2006, Chennai, India|editora=|ano=|páginas=|id=}}</ref> Os Munis são um grupo de deuses guardiões, que são adorados pelos tâmeis. A tradição [[xivaísmo|xivaíta]] do hinduísmo está representada significativamente entre os tâmeis, principalmente os tâmeis do Sri Lanka, embora a maior parte dos locais importantes do xivaísmo esteja localizada no [[Índia do Norte|norte da Índia]]. Os Alvars e Nayanars, que eram predominantemente tâmeis, tiveram um importante papel no renascimento da tradição ''bhakti'' na Índia. No século X, o filósofo [[Ramanuja]] propagou a teoria do ''[[vishishtadvaita]]''.<ref>{{citar livro|autor=Swamy, Subramanian|título="Redefining secularism", The Hindu, 18 March 2004, Chennai, India|editora=|ano=|páginas=|id=}}</ref> ''Kambaramayanam'' é a versão tâmil do épico hindu [[Ramáiana]], e foi escrito pelo poeta tâmil [[Kambar (tâmil)|Kambar]] no século XII. A versão tâmil é mais curta que o Ramáiana original escrito por [[Valmiki]]. Não é uma tradução, e conta a história por um outro ângulo.
 
Os tâmeis jainistas constituem aproximadamente 0,13 por cento da população de Tamil Nadu.<ref>{{citar web|URL=https://www.censusindia.gov.in/Census_Data_2001/Census_data_finder/C_Series/Population_by_religious_communities.htm|título=Population by religious communities|autor=|data=|publicado=|acessodata=12 de junho de 2020}}</ref> Muito da rica literatura tâmil foi escrita por jainistas.<ref>{{citar livro|autor=A. Chakravartis|título=Jaina Literature in Tamil|editora=|ano=|páginas=|id=}}</ref> De acordo com George L. Hart, a lenda dos ''Tamil Sangam'' (assembleias literárias) se baseou no ''sangham'' jainista de [[Madurai]].<ref>{{citar web|URL=https://archive.vn/19970709071128/http://tamil.berkeley.edu/html/chapter_1.html|título=Part I:
The Milieu of the Ancient Tamil Poems|autor=|data=|publicado=|acessodata=12 de junho de 2020}}</ref>
=== Tradições marciais ===
Várias artes marciais, incluindo ''kuttu varisai'', ''varma kalai'', ''silambam'', ''[[adithada]]'' e ''malyutham'', são praticadas em Tamil Nadu.<ref>{{citar web|URL=http://spa.exeter.ac.uk/drama/staff/kalari/healharm.html|título=To Heal and/or To Harm:
The Vital Spots (Marmmam/Varmam) in Two South Indian Martial Traditions|autor=Phillip B. Zarrilli|data=|publicado=|acessodata=12 de junho de 2020}}</ref> A fase de aquecimento dessas artes marciais inclui [[ioga]], meditação e exercícios respiratórios. O ''silambam'' se originou no antigo Tamil Nadu, e foi patrocinado pelos Pandias e Cholas, que dominaram a região. O ''Silapathiharam'', obra de literatura tâmil do século II, se refere à venda de instruções, armas e equipamentos de ''silambam'' a comerciantes estrangeiros.<ref>{{citar web|URL=http://sports.indiapress.org/silambam.php/SPORTS|título=Silambam|autor=|data=|publicado=|acessodata=12 de junho de 2020}}</ref>
 
Desde o início do período Sangam, havia uma cultura guerreira na Índia do sul.
 
== Ver também ==