Diferenças entre edições de "Racismo no Brasil"

m
===Representação na mídia===
 
Conforme um estudo, mais de 70% dos [[ator]]es de novelas da [[Rede Globo]] são de cor branca, muito embora esse grupo represente menos da metade da população brasileira. Segundo Maureci Moreira de Almeida, as telenovelas "prefiguram insinuar ainda o desejo e o ideário de que a nação brasileira deveria ser efetivamente branca, ou, no mínimo, aparentar ser mais branca". Ela afirma que estrangeiros, ao assistirem asàs novelas brasileiras, devem pensar que o Brasil é um país majoritariamente branco. Essa realidade já está tão naturalizada que muitas pessoas não percebem que a diversidade étnica que se vê nas ruas do Brasil não é refletida na televisão. Os negros brasileiros normalmente aparecem nas novelas brasileiras em papéis secundários, quase nunca como protagonistas, e muitas vezes são retratados de forma pejorativa, como bandidos e marginais. Maureci afirma que as telenovelas brasileiras "constituem um novo mecanismo de difusão do branqueamento".<ref>Maureci Moreira de Almeida. Ideologia do branqueamento nas telenovelas brasileiras. Editora: Paco Editorial (3 de fevereiro de 2017)</ref> [[Joel Zito Araújo]], em trabalho anterior, também constatou paradigma semelhante: "A escolha dos [[galã]]s, dos protagonistas, celebra modelos ideais de beleza europeia, em que quanto mais [[nórdico]]s os traços físicos, mais destacado ficará o ator ou a atriz na escolha do elenco".<ref name=joel>{{citar livro |título = A Negação do Brasil|autor=Joel Zito Araúo|páginas =331–|ano=2004|editora=[[Senac]]}}</ref>
 
Em 2018, a novela [[Segundo Sol]] recebeu críticas por conta da pouca presença de atores negros no enredo da novela, que se passava no estado da [[Bahia]], onde grande parte da população é predominantemente negra. Logo após a exibição do trailer de estreia, muitos internautas usaram as redes sociais cobrando explicações da Rede Globo e do autor [[João Emanuel Carneiro]] sobre as escolhas do elenco, o que repercutiu na imprensa.<ref>{{citar web |url=http://cultura.estadao.com.br/noticias/televisao,mpt-notifica-globo-sobre-falta-de-representacao-racial-em-novela,70002306033 |título=MPT notifica Globo sobre falta de representação racial em novela |obra=Estadão |acessodata=15 de maio de 2018}}</ref> Esse caso teve inclusive repercussão internacional, com matéria publicada no jornal britânico [[The Guardian]].<ref>[https://www.theguardian.com/world/2018/may/18/brazil-segundo-sol-telenovela-white-black-cast-race Bahia is Brazil's blackest state – but you'd never guess it from latest TV soap]</ref>