Diferenças entre edições de "Pardos"

147 bytes adicionados ,  27 junho
Rv. Remoção de conteúdo sem explicação plausível.
(Rv. Remoção de conteúdo sem explicação plausível.)
O demógrafo Giorgio Mortara calculou que, do censo de 1872 ao de 1940, 59 mil brasileiros anualmente "passaram" da categoria parda para a branca. Assim, no censo de 1940, pelo menos 4 milhões de pessoas classificadas como brancas foram classificadas como pardas nos censos anteriores ou descendiam destas.<ref name = "saude">COSTA, Albertina de Oliveira e AMADO, Tina. ''Alternativas Escassas - Saúde, Sexualidade e Reprodução na América Latina''. Editoria Nova Fronteira, 1994.</ref>
 
[[Imagem:Quadrilha Junina 1.jpg|thumb|Quadrilha Junina em [[Belém (Paraíba)|Belém]], na [[Paraíba]]. Nesse estado, a maioria da população é de cor parda.]]
Por outro lado, do censo de 1950 ao de 1991, a população branca caiu constantemente e a parda cresceu. Em 1950, os pardos eram 29,5% mas, em 1991, 42,4%. Os brancos, por outro lado, diminuíram de 61,7% para 51,6% e os pretos de 11% para 5%. As taxas de fecundidade e mortalidade não são suficientes para explicar essa brusca alteração. O que houve nesse período foi uma grande "emigração" de "pretos" para a categoria "parda". Das pessoas de 14 a 19 anos de idade que, em 1950, se classificaram como "pretas", cerca de 38% se reclassificaram como pardas ou brancas no censo de 1980. Era o ideal do "branqueamento", com raízes no período colonial, ainda persistindo no imaginário brasileiro.<ref name="saude"/>
 
 
=== Por região ===
[[Ficheiro:Municípios do Brasil - Grupos étnico-raciais predominantes.png|miniaturadaimagem|thumb|320px350px|Mapa dos municípios do Brasil, mostrando que a maior concentração de pardos se dá no Norte e no Nordeste do país (censo de 2010)]]
 
As regiões do Brasil por porcentagem de indivíduos pardos, segundo dados de 2009:<ref>{{citar web | url = http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/indicadoresminimos/sinteseindicsociais2010/SIS_2010.pdf | titulo = Síntese dos Indicadores Sociais 2010 | trabalho = Tabela 8.1 - População total e respectiva distribuição percentual, por cor ou raça, segundo as Grandes Regiões, Unidades da Federação e Regiões Metropolitanas - 2009 | publicado = Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) | acessodata = 19 set. 2010 | formato = [[PDF]] | arquivourl = https://www.webcitation.org/618PsSSA4?url=http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/indicadoresminimos/sinteseindicsociais2010/SIS_2010.pdf | arquivodata = 2011-08-22 | urlmorta = yes }}</ref>
 
=== Por estado ===
 
[[Imagem:Pardos no Brasil 2009.png|thumb|direita|320px300px|Estados de acordo com a percentagem de pardos em 2009]]
 
Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 2009,<ref>{{citar web | url = http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/indicadoresminimos/sinteseindicsociais2010/SIS_2010.pdf | titulo = Síntese dos Indicadores Sociais 2010 | trabalho = Tabela 8.1 - População total e respectiva distribuição percentual, por cor ou raça, segundo as Grandes Regiões, Unidades da Federação e Regiões Metropolitanas - 2009 | publicado = Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) | acessodata = 19 set. 2010 | formato = [[PDF]] | arquivourl = https://www.webcitation.org/618PsSSA4?url=http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/indicadoresminimos/sinteseindicsociais2010/SIS_2010.pdf | arquivodata = 2011-08-22 | urlmorta = yes }}</ref> dos dez estados brasileiros com maior população parda, cinco estavam na [[Região Norte do Brasil|Região Norte]] e cinco na [[Região Nordeste do Brasil|Região Nordeste]]:
 
=== Por município ===
[[Ficheiro:Municípios do Brasil - Grupos étnico-raciais predominantes.png|miniaturadaimagem|thumb|320px|Mapa dos municípios do Brasil, mostrando que a maior concentração de pardos se dá no Norte e no Nordeste do país (censo de 2010)]]
 
Segundo dados do recenseamento de 2000 feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística,<ref>{{Citar web |url=http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/tabela/listabl1.asp?c=2112&n=0&u=0&z=cd&o=7&i=P |titulo=www.sidra.ibge.gov.br |acessodata=2010-01-22 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20150924101941/http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/tabela/listabl1.asp?c=2112&n=0&u=0&z=cd&o=7&i=P |arquivodata=2015-09-24 |urlmorta=yes }}</ref> dos dez municípios brasileiros com maior população parda, oito estavam na [[Região Nordeste do Brasil|Região Nordeste]] e dois na [[Região Norte do Brasil|Região Norte]]: