Diferenças entre edições de "Aparecida Esporte Clube"

1 889 bytes adicionados ,  22h03min de 29 de junho de 2020
Dados sobre a equipe.
m
(Dados sobre a equipe.)
Etiquetas: Editor Visual Inserção do elemento "nowiki", possivelmente errônea Provável parcialidade
}}
 
O '''Aparecida Esporte Clube''' foi um [[clube de futebol|clube]] [[brasil]]eiro de [[futebol]] da cidade de [[Aparecida (São Paulo)|Aparecida]], no estado de [[São Paulo (estado)|São Paulo]]. Foi fundado em [[31 de janeiro]] de [[1965]], e suas cores são azul claro e branco. E está licenciado da Federação Paulista de Futebol desde 1996.
 
== {{Estádio Comendador de Paula Penido}} ==
Com capacidade para 5 mil pessoas, já chamado de "17 de Dezembro" e apelidado de "Penidão", foi palco de todas as partidas do clube, inclusive com um amistoso contra o São Paulo FC, em 16 de junho de 1984. O estádio tem a peculiaridade, de ter ao fundo o Santuário Nacional de Aparecida.
 
== História ==
Em [[1955]], surgia o Esporte Clube Aparecida, que disputou o [[Campeonato Paulista de Futebol]] a partir de [[1956]] e encerrou sua participação em [[1959]], na divisão de acesso, ou Segunda Divisão (atual A2). Atualmente é um clube extinto, e na época veio a ceder seu lugar ao Aparecida Esporte Clube, que o ocupou seis anos após.
 
O AEC iniciou sua jornada pela Quarta Divisão (atual Série B), subindo para a Terceira Divisão (atual A3), em [[1967]]. Sua permanência na disputa dos campeonatos profissionais é instável e permanece assim até 1981, quando se firma. Em [[1982]], sobe para a Segunda Divisão e permanece até [[1987]], caindo para a divisão inferior em [[1988]]. Ainda tenta por mais duas vezes, em [[1995]] e [[1996]], mas pára, não mais retornando. No total, o clube teve 15 participações no futebol profissional. Márcio Heleno foi o principal jogador da curta história do Aparecida Esporte Clube.
 
Ainda tenta por mais duas vezes, em [[1995]] e [[1996]], mas pára, não mais retornando. No total, o clube teve 15 participações no futebol profissional. Márcio Heleno foi o principal jogador da curta história do Aparecida Esporte Clube.
 
 
{{Torcida Furacão do Vale}}
 
Conhecida por seu barulho e apoio incondicional ao clube, esteve com o clube durante toda sua história, sempre lotando o estádio.
 
{{Márcio Heleno}}
 
Jogador mais notório da equipe, foi artilheiro do Brasil em 1982, com 36 gols, superou Zico, Serginho Chulapa, entre outros. Famoso pelo seus gols e biotipo incomum pro futebol, por ser baixinho e gordinho, é para torcida o maior ídolo do clube.
 
 
== {{Copa Vale 1996|Participação na Copa Vale 1996=}} ==
Em 1996, o Aparecida EC, em seu último ano figurando no profissional, fez uma campanha que o deixou na final da competição contra o São José EC. Em dois jogos eletrizantes, o Furacão do Vale, saiu com o vice campeonato do torneio, após derrota por 1 - 3, em casa, e derrota por 2 - 0, jogando fora. Sendo este o último jogo de sua história marcante para a cidade e futebol do Vale do Paraíba.
 
Entraram em campo pelo AEC, naquela partida, Altair; Nelson, Ânderson, Marcelo e Kubas; Moisés (Vítor), Said e Romero; Zé Carlos (Adriano), Paloma e Jaílton (Manó). Técnico – Arnaldo Madureira.
 
== {{Fim das atividades}} ==
Em 1996, após insucesso na extinta quinta divisão, o clube que vivia de torcedores e prefeitura, teve suas atividades encerradas, por falta de apoio e troca de gestão na cidade.
 
== Participações em estaduais ==
:1995, 1996
 
{{referencias}}https://globoesporte.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/clubes-do-passado-aparecida-ec-o-time-que-teve-o-artilheiro-do-brasil-em-82-superando-zico.ghtml<nowiki/>{{esboço-timebr}}
{{referencias}}
{{esboço-timebr}}
 
[[Categoria:Clubes de futebol extintos de Aparecida (São Paulo)]]