Diferenças entre edições de "Biorremediação"

1 byte adicionado ,  16h14min de 1 de julho de 2020
m
sem resumo de edição
m
 
Como se observa, inicialmente a matéria orgânica do lixo é atacada por bactérias formadoras de ácidos. Como resultado dessa primeira fase, ácidos graxos, açúcares e outros compostos orgânicos de baixo [[peso molecular]] são produzidos. Em seguida, na segunda fase, os ácidos são consumidos por bactérias formadoras de metano (metanogênicas), onde o CH<sub>4</sub>, H<sub>2</sub>SO<sub>4</sub> e H<sub>2</sub>O são os produtos finais.
 
Estágios do processo de decomposição anaeróbica.Estágio não metanogênico, onde as reações de [[hidrólise]] iniciam o estágio não metanogênico pela redução da matéria orgânica complexa à compostos insolúveis menores,através de enzimas extra celulares. Os produtos da hidrólise incluem ácidos graxos, açúcares simples, aminoácidos e outros compostos orgânicos de baixo peso molecular.Durante a hidrólise os microorganismos que participam do processo despendem mais energia do que conseguem ganhar. Apesar disso, aumenta a disponibilidade energética do meio em função das alterações sofridas pela matéria orgânica e da fonte de energia a ser utilizada nas reações subseqüêntes. Atividades tradicionais neste estágio complementam as modificações da matéria orgânica, como a captura de energia, formação de ácidos orgânicos,produção de amoníaco,água e de gases como o hidrogénio,e o dióxido de carbono
Estágio metanogênico,os microrganismos atuantes no estágio são geralmente bactérias do gênero ''Methanobacterium'', habitante comum do solo, do rúmem e dos esgotos domésticos. Esse microrganismo obtém energia a partir de duas reações principais: redução do pela adição de para formar CO (monóxido de carbono), que a partir da quebra do ácido acético ou etanóico) formam o metano e o dióxido de carbono.