Diferenças entre edições de "Bos taurus"

44 bytes adicionados ,  08h32min de 7 de julho de 2020
sem resumo de edição
(Trocando "Imagem:Modelo_didatico_bovino_correto.jpg" por Imagem:Modelo_didático_bovino_(fundo_branco).jpg (pedido por CommonsDelinker: "File renamed: more suitable name"))
O [[macho]] da espécie recebe o nome de '''boi''', ou '''touro''', enquanto que a [[fêmea]] é conhecida por '''vaca''' e o animal jovem por '''[[bezerro]]''', e depois '''[[novilho]]'''.
 
A espécie é um [[Ruminantes|ruminante]], ou seja, regurgita o alimento para a boca após sua ingestão, onde é novamente mastigado e deglutido. O [[estômago]] dos ruminantes é dividido em [[Barrete (anatomia)|retículo]], [[rúmen]], [[omaso]] e [[abomaso]]. [[Imagem:Bezerro mamando REFON.jpg|thumb|bezerro mamando|alt=|220x220px]]
 
Essa espécie foi domesticada pelo homem e é utilizada em larga escala em muitas atividades como a produção de carne e de leite, representando grande importância para a economia de muitos países.
 
== História ==
[[Imagem:Bezerro mamando REFON.jpg|thumb|esquerda|bezerro mamando|220x220px]]
O gado doméstico descende do [[auroque]] na [[Europa]] e do [[gauro]] na [[Ásia]]. Sua domesticação teve início há mais de 5 000 e 6 000 anos atrás. Os bovinos domesticado tinham várias serventias para o ser humano: como [[animal de carga]] (assim como a [[Bode|cabra]] e os [[cavalo]]s) e a produção de [[leite]] em vida e [[carne]]/[[couro]] após a [[morte]]. Era incomum a criação de gado para alimentação, a carne do animal era consumida apenas se ele morresse ou não tivesse mais utilidade.
 
Hoje em dia, os bovinos são os principais figurantes na [[Pecuária de corte|indústria de produção de carne]]. A [[cadeia produtiva]] da carne está em vários ramos de [[negócio]]s, desde a fabricação de [[Ração animal|ração]] e o ensino de profissionais qualificados ([[Medicina veterinária|médicos veterinários]], [[Zootecnia|zootecnistas]] e [[Agronomia|agrônomos]]) até as [[empresa]]s de [[consultoria]] em sistemas de [[comércio exterior]].
 
=== No Brasil ===
No [[Brasil]], a criação de gado foi iniciada tão logo foram implantados os primeiros [[engenho]]sEngenho de açúcar|engenhos de açúcar]] em [[Pernambuco]], na primeira metade do século XVI. Serviam para abastecer, de leite e carne, as pessoas que se estabeleciam na área de influência de cada engenho. Uma vez que as áreas de pastagem para o gado concorriam com as de plantações de cana-de-açúcar, os criadores foram cada vez mais se dirigindo para o interior. Ao longo do caminho, foram sendo estabelecidas pequenas povoações que, posteriormente, se transformaram em vilas e cidades.<ref name="multipla">Cavalcante, Messias Soares. A verdadeira história da cachaça. São Paulo: Sá Editora, 2011. 608p. ISBN 9788588193628</ref>
 
==Comportamento==
Em condições naturais, os bezerros ficam com a mãe até o desmame de 8 a 11 meses. Os bezerros e novilhos estão igualmente apegados às mães nos primeiros meses de vida. Parideiras primíparas mostram maior incidência de comportamento materno anormal.<ref name="Johnsen2015">{{cite journal |last1=Johnsen |first1=J.F. |last2=Ellingsen |first2=K. |last3=Grøndahl |first3=A.M. |last4=Bøe |first4=K.E. |last5=Lidfors |first5=L. |last6=Mejdell |first6=C.M. |year=2015 |title=The effect of physical contact between dairy cows and calves during separation on their post-separation behavioural |journal=Applied Animal Behaviour Science |url=https://www.researchgate.net/publication/274013035 |doi=10.1016/j.applanim.2015.03.002 |volume=166 |pages=11–19 |url-status=live |archiveurl=https://web.archive.org/web/20170707160417/https://www.researchgate.net/profile/Julie_Johnsen/publication/274013035_The_effect_of_physical_contact_between_dairy_cows_and_calves_during_separation_on_their_post-separation_behavioural_response/links/551541630cf2d70ee26fee97.pdf |archivedate=7 July 2017 }}</ref><ref>{{cite journal |last1=Edwards |first1=S.A. |last2=Broom |first2=D.M. |year=1982 |title=Behavioural interactions of dairy cows with their newborn calves and the effects of parity |journal=Animal Behaviour |volume=30 |issue=2 |pages=525–535 |doi=10.1016/s0003-3472(82)80065-1}}</ref><ref>{{cite journal |last1=Odde |first1=K. G. |last2=Kiracofe |first2=G.H. |last3=Schalles |first3=R.R. |year=1985 |title=Suckling behavior in range beef calves |journal=Journal of Animal Science |volume=61 |issue=2 |pages=307–309 |doi=10.2527/jas1985.612307x}}</ref>
19 937

edições