Diferenças entre edições de "Intentona Comunista"

10 bytes removidos ,  21h18min de 8 de julho de 2020
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 2804:14d:baa7:982d:257e:60d0:b41b:f2a3, com Reversão e avisos
(estava errado)
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 2804:14d:baa7:982d:257e:60d0:b41b:f2a3, com Reversão e avisos)
[[File:Intentona Comunista de 1935 - 3º Regimento de Infantaria em chamas.jpg|thumb|3º Regimento de Infantaria em chamas.]]
 
Num primeiro momento, Prestes parecia considerar que o programa nacionalista da [[ANL]] seria capaz de permitir-lhe impor-se como um movimento de massa legal, capaz de atrair apoio tanto entre a classe operária e o campesinato como também entre a burguesia "progressista" de tendências anti-imperialista e antifascista - para depois, quando o governo [[Getúlio Vargas]] declarou a aliança ilegal - com o apoio da burguesia e da classe médiakkkksjndndmédia, que temiam a infiltração comunista no movimento - optar, com o apoio do CEIC, por uma ação revolucionária concebida em termos de uma mera ação militar.
 
O levante eclodiu em pontos esparsos do território nacional, a saber:<ref name="cpdoc1">{{citar web|url=http://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/FatosImagens/RevoltaComunista|titulo=A revolta comunista de 1935 - CPDOC - FGV|acessodata=21/04/2015}}</ref>
19 937

edições