Diferenças entre edições de "Miss Brasil"

39 bytes adicionados ,  00h28min de 12 de julho de 2020
(→‎Primeiros anos: 1954-1957: Nesse e neste não são a mesma coisa. No caso 1900 é "esse". "Este" seria 2020.)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Edição móvel avançada
O concurso oficial, como existe hoje, começou a ser realizado regularmente em 1954, na boate do [[Palácio Quitandinha]], então um hotel-cassino em [[Petrópolis]], [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]]. A partir daí, anualmente, com a interrupção em apenas um ano, as eleitas tiveram a tarefa de representar o Brasil com [[beleza]] e elegância no concurso [[Miss Universo]], criado nos [[Estados Unidos]] dois anos antes.<ref>{{citar web|url=http://www.missuniverse.com/info/history |título=History - Miss Universe |publicado=Miss Universe.com |data= |acessodata=30-04-2013}}</ref> Os maiôs Catalina, fabricados na mesma Petrópolis por uma malharia local sob licença da ''Catalina Swimwear'' - fundadora e patrocinadora do Miss Universo e do Miss EUA desde sua criação - hoje empresa do grupo norte-americano ''In Mocean Group'' (IMG), desde aquela data passou a patrocinar os concursos, fornecendo os maiôs para as misses, criando uma imagem intimamente ligada ao evento. Foi a Catalina, que então realizava um concurso de beleza de maiô na praia de [[Long Beach]], na [[Califórnia]], a empresa criadora do [[Miss USA]] e do concurso internacional, depois que a vencedora do já existente [[Miss América]] recusou-se a usar, por questões morais, o seu maiô, na edição de 1950.
 
=== EraAnos DouradaDourados: 1958-1972 ===
Em 1955, com a entrada dos [[Diários Associados]] na promoção e transmissão do evento, o Miss Brasil passou a ter ampla cobertura da imprensa e se tornou o segundo evento mais assistido no país, atrás apenas do jogos da [[Seleção Brasileira de Futebol]]. Com o passar dos anos, passou a ser considerado o mais bem organizado concurso nacional de beleza do mundo pela ''Miss Universe ,Inc.'' <ref>{{citar web |url=http://www.globalbeauties.com/mbmu/2011/06/21st-place-miss-universe-1966-margareta-arvidsson/ |título=Miss Universe 1966 - Margareta Arvidsson |publicado=Global Beauties |data= |acessodata=30 de abril de 2013 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20110623033141/http://www.globalbeauties.com/mbmu/2011/06/21st-place-miss-universe-1966-margareta-arvidsson/ |arquivodata=2011-06-23 |urlmorta=yes }}</ref> As transmissões televisivas, encabeçadas pela [[Rede Tupi]], passaram a ter grande audiência depois que sua sede foi transferida de Petrópolis para a [[Rio de Janeiro (cidade)|então capital federal]] em 1958.[[Imagem:IedaMVargas.jpg|thumb|[[Ieda Maria Vargas]], a primeira Miss Brasil eleita Miss Universo, em 1963.<br><small>Foto cortesia: G. Ganeroni <br>© 1995-2009 Pageant News Bureau, Inc.</small>|alt=]]
 
Na [[década de 1960]], o Brasil conquistou as suas duas únicas vitóriasduas nocoroas de [[Miss Universo]], a primeira com [[Ieda Maria Vargas]] em 1963 e a segunda com [[Martha Vasconcellos]] em 1968, e a sua única no [[Miss Beleza Internacional]] (concurso do qual participava a terceira colocada no Miss Brasil), com [[Maria da Glória Carvalho]] em 1968.<ref>{{citar web |url=http://www.pageantopolis.com/international/Int_1968.htm |título=Miss Universe 1968 |publicado=Pageantopolis |data= |acessodata=30 de abril de 2013 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20111227161910/http://www.pageantopolis.com/international/Int_1968.htm |arquivodata=2011-12-27 |urlmorta=yes }}</ref> Nesse período, oera paíscorriqueiro chegouver àsuma semifinaiscandidata ebrasileira finaisentre deas ambossemifinalistas osdos dois concursos por várias vezes. Em 1971, a segunda colocada daquela edição, [[Lúcia Petterle]], [[Miss Guanabara]], foi eleita [[Miss Mundo]] <ref>{{citar web|url=http://missbrasilmundo.com/mem/1971-lucia-tavares-petterle-guanabara/ |título=1971 - Lúcia Tavares Petterle - Guanabara|publicado=Miss Brasil World |data= |acessodata=30 de abril de 2013}}</ref> - na época, a segunda colocada no Miss Brasil disputava o Miss Mundo.
 
=== Brasília | 1973-1980 ===
19 146

edições