Diferenças entre edições de "Miss Brasil"

153 bytes adicionados ,  03h04min de 12 de julho de 2020
→‎Polishop | 2015-2019: Raíssa Santana nasceu na Bahia,mas foi eleita Miss Brasil pelo Paraná
(→‎Polishop | 2015-2019: Raíssa Santana nasceu na Bahia,mas foi eleita Miss Brasil pelo Paraná)
A coordenação nacional foi compartilhada entre Evandro Hazzy que foi o coordenador e do [[Miss Rio Grande do Sul|Miss RS]] durante a Era Gaeta, e por Karina Ades que era uma das diretoras da emissora. <ref>{{Citar web|titulo=Após garantir 8 faixas, missólogo lança livro e almeja título mundial|url=http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2014/05/apos-garantir-8-faixas-missologo-lanca-livro-e-almeja-titulo-mundial.html|obra=Rio Grande do Sul|data=2014-05-27|acessodata=2019-10-04|lingua=pt-br|primeiro=Carla SimonDo G1|ultimo=RS}}</ref>
 
=== Polishop |: 2015-2019 ===
Em 2015, enfrentando uma severa crise financeira, a [[Rede Bandeirantes|Band]] feztransformou o concurso em uma parceriajoint-venture com a empresa de televendas [[Polishop]], se tornando responsável apenas pela transmissão e divulgação do mesmo. <ref>{{citar web|url=http://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2015/11/18/polishop-compra-miss-brasil-para-bombar-maquiagem-vendida-em-lojas-e-na-rua.htm|autor=UOL|acessodata=19 de janeiro de 2017}}</ref> O concurso ficou sob a responsabilidade do empresário [[João Apollinário]], dono da Polishop, até meados de 2019, sendo dirigidooptando por Karinanão Ades,alterar daa Bandestrutura organizacional do concurso,mantendo eKarina tendoAdes como patrocinadoraa principalcoordenadora anacional.A Bepartir Emotiondeste momento,o concurso passaria a ser patrocinado pela recém-lancada marca de maquiagemcosméticos e cuidados pessoais do grupo Polishop,a Be Emotion,sob acordo de ''[[naming rights]]''.<ref>{{citar web|url=http://ego.globo.com/beleza/noticia/2016/09/miss-brasil-2016-registra-recorde-de-candidatas-negras.html|título=Miss Brasil 2016 registra recorde de candidatas negras|publicado=EGO|acessodata=2 de outubro de 2016}}</ref> Durante este tempo, o concurso foi nomeado ''Miss Brasil Be Emotion.'' A primeira Miss Brasil da Era Polishop (ou Era Be Emotion) foi a gaúcha [[Marthina Brandt]], que semanteve classificoua entresequência asde 15 semifinalistasclassificações do país ao avançar para o Top 15 [[Miss Universo 2015]].
 
Durante este período,tanto a parceriaemissora comquanto a Polishop, conseguiram feitos impressionantes.Se destacando o Brasilfato mantevede aque pela primeira vez na história duas candidatas negras foram eleitas Miss Brasil na sequência dee bonselas resultadosconseguiram nomanter concursoa sequência de classificações: no [[Miss Universo 2016]] a [[Paraná|paranaensebahia]]na [[Raissa Santana|Raíssa Santana]] terminou o concurso entre as 13 semifinalistas, em 2017 a [[Piauí|piauiense]] [[Monalysa Alcântara]] acabou entre as 10 semifinalistas,em 2018 e em2019 2018foram a vezes da [[Amazonas|amazonense]] [[Mayra Dias]] ficoue da mineira [[Julia Horta]] novamente terminarem entre as 20 semifinalistas.
 
Em julho de 2019, alguns meses depois da coroação da mineira [[Júlia Horta]],foi aanunciado imprensaque anunciou o fim daa parceria de 5 anos entre a BandBandeirantes e a Polishop. Alémfoi disto,desfeita.O aprincipal TVmotivo anunciouera que não organizaria o Missconcurso Brasiltinha -baixa e,repercussão porno conseguinte,país ose concursosque estaduaisas -duas empartes 2020.registraram ''"Frentediversos àprejuízos decisãofinanceiros dedurante nãoos renovarquatro oanos contrato,da a Band e a Polishop/Be Emotion deixam de ter qualquer responsabilidade acercaexistência da realização dos concursos estaduais ou nacional que tenham relação com a cadeia de concursos Miss Universo 2020"'', dizia a nota divulgada. <ref>{{Citar web|titulo=Band não exibirá mais concursos de Miss Brasil e Miss São Paulo - Emais|url=https://emais.estadao.com.br/noticias/tv,band-nao-exibira-mais-concursos-de-miss-brasil-e-miss-sao-paulo,70002927279|obra=Estadão|acessodata=2019-08-12|lingua=pt-BR}}</ref>
 
SegundoO osite ''Observatório da Televisão'', doinformou [[Universotambém Online|UOL]],que ''"a decisãoexistiam informações vinhainternas da emissora que o fim da parceira estava sendo estudadaestudado desde 2018, uma vez que os concursos de misses não têm o mesmo prestígio de antes, não conseguindo atrair anunciantes e o público. Os resultados decepcionantes do Miss Brasil 2019 foram determinantes.Esta (...)edição Aregistrou audiência foi muito baixa. Em São Paulo auma média foi de apenas 1,8 pontosponto deno Ibope.IBOPE,sendo É oa menor resultadoaudiência dade históriatelevisão dosregistrada concursosna dehistória missesdo naMiss TV brasileiraBrasil."'' <ref>{{Citar web|titulo=Com prejuízo e sem Ibope, Band anuncia fim do Miss Brasil em 2020|url=https://observatoriodatelevisao.bol.uol.com.br/noticia-da-tv/2019/07/com-prejuizo-e-sem-ibope-band-desiste-de-concursos-de-misses-para-2020|obra=Observatório da Televisão|data=2019-07-18|acessodata=2019-08-12|lingua=pt-BR}}</ref>
 
=== U Miss Brasil | 2020 em diante ===
19 146

edições