Diferenças entre edições de "Concorrência perfeita"

761 bytes removidos ,  03h01min de 17 de julho de 2020
Ajustes, troca de fontes inativas.
m
(Ajustes, troca de fontes inativas.)
{{Formatar referências|data=agosto de 2016}}
Em [[economia]], '''concorrência perfeita''' ou '''concorrência pura''' descreve mercados em que nenhum participante tem [[poder de mercado]] para definir o preço de um produto homogêneo.<ref name="multipla-1">Almeida, Álvaro (2007), "Economia Aplicada para Gestores", Vila Nova de Gaia: Espaço Atlântico - Publicações e Marketing, Lda.</ref> Embora seja uma hipótese ideal, a partir dela é possivel construir modelos próximos da realidade. Assim, a competição perfeita pode servir como ponto de referência para avaliar mercados de concorrência imperfeita no mundo real.<ref name="MeM.">{{Citar livro|nome=Marcos|sobrenome=Antonio|título=Economia - Micro e Macro|local=São Paulo|editora=Atlas|ano=2011|página=139}}</ref>
Dado que as condições para a concorrência perfeita serem restritas, existem muito poucos mercados assim. A competição perfeita pode servir como ponto de referência para avaliar mercados de concorrência imperfeita no mundo real.
 
== Hipóteses do modelo ==
==Características destes mercados==
Possui''a) muitoshipótese da atomicidade'': é um mercado com infinitos vendedores e compradores, de modoforma que nemnenhum compradordeles outem vendedor,condições individualmentede consiga um impacto significativo sobredefinier os preços .de
mercado. Diz-se que elas são ''tomadoras de preços'';
 
''b) hipótese da homogeneidade'': os produtos, tanto bens como serviços e fatores de produção, oferecidos pelas firmas são idênticos,<ref name="multipla-1" /> O preço praticado também é homogêneo. Como a curva da procura do preço é perfeitamente elástica (curva horizontal), não há incentivos para não praticar os preços de mercado;
===Intervenientes===
Muitos compradores e muitos vendedores, tanto existentes como potenciais. Nenhum participante consegue influenciar o preço de mercado de maneira isolada.<ref>http://economiainvestidor.blogspot.com/2010/08/modelo-de-concorrencia-perfeita.html{{Ligação inativa|data=julho de 2020}}</ref>
 
''c) hipótese da mobilidade de firmas'': mercado sem barreiras à entrada e saída, tanto de compradores, como de vendedores;<ref name="multipla-1" />
===Produto===
O produto em causa é homogêneo. O produto de uma empresa é, do ponto de vista dos consumidores, igual ao produto oferecido pelas restantes empresas da mesma indústria.<ref name="multipla-1" />
 
''d) princípio da Racionalidade'': os empresários visam sempre maximizar os lucros e os consumidores, maximizar a satisfação ou utilidade derivada do consumo de um bem;
===Entrada e saída da indústria===
A entrada e saída da indústria é livre. Não existem restrições para que novas empresas entrem naquela indústria, ou que determinadas empresas abandonem a indústria. Estas restrições podem ser do ponto de vista econômico (investimento necessário baixo) ou mesmo tecnológico (conhecimento necessário também baixo).<ref name="multipla-1" />
 
''e) transparência de mercado'': a informação é perfeita, isto é, todos os participantes no mercado, tanto compradores como vendedores, têm completo acesso a toda a informação;
===Informação===
A informação é perfeita. Todos os participantes no mercado, tanto compradores como vendedores, têm completo acesso a toda a informação<ref>http://blog.infopricesa.com.br/monitorar-a-concorrencia/ Monitorar a concorrência de forma eficiente</ref> necessária e disponível para aquele mercado, permitindo assim uma tomada de decisões corretas.<ref name="multipla-1" />
 
''f) inexistência de externalidades'': há ausência de externalidades, sejam elas positivas ou negativas.<ref name="MeM."/>
==Serviços==
O preço praticado pelas empresas é também homogêneo. As empresas praticam o preço de mercado na totalidade dos casos. A curva da procura do preço é perfeitamente elástica (curva horizontal), não existindo incentivos para a prática de preço diferentes do preço de mercado.
Por exemplo, no caso de uma empresa praticar um preço acima do preço de mercado, dadas as características homogêneas do produto e a informação perfeita, os consumidores optaram por produtos de outras empresas.<ref>http://www.carlosescossia.com/2009/09/o-que-e-concorrencia-perfeita.html{{Ligação inativa|data=julho de 2020}}</ref>
 
==Lucro==
O lucro a que se fará referência aqui será o lucro econômico, e não o lucro contabilísticocontábil.
 
===Curto prazo===
 
===Longo prazo===
No longo prazo, a indústria terá '''lucro nulo'''. Dada a livre entrada e saída da indústria, no longo prazo esta vai adaptar-se à procura. Estas atingirão o número óptimo, e a dimensão ótima para a produção optimizada, de maneira a atingir o mínimo custo médio possível.<ref>{{Citar web|titulo=Concorrência Perfeita - Knoow|url=https://knoow.net/cienceconempr/economia/concorrencia-perfeita/|acessodata=2020-07-14|primeiro=Paulo|ultimo=Nunes}}</ref>
 
==Ver também==