Diferenças entre edições de "Grande Mesquita de Alepo"

15 bytes adicionados ,  11h56min de 18 de julho de 2020
sem resumo de edição
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
|Área =
}}
A '''Grande Mesquita de Alepo''' (árabe: جامع حلب الكبير Halab Jami 'al-Kabir) ou a '''Mesquita Omíada de Alepo''' (Masjid al-Halab Umayya BI) é a maior e mais antiga [[mesquita]] da cidade de [[Alepo]] no norte da [[Síria]]. A presente mesquita data do século {{séc|XIII}}, no [[mamelucos|período mameluco]], apenas o minarete [[seljúcida]] é de 1090.<ref>George Mitchell, editor, Architecture of the Islamic World, Thames and Hudson, 1978, p. 231</ref> O minarete porém foi destruído durante os combates em 24 de abril de 2013.<ref name=BBC-minaret>{{citar web|titulo=Syria clashes destroy ancient Aleppo minaret|url=http://www.bbc.co.uk/news/world-middle-east-22283746|editor=bbc.co.uk|data=24 de abril de 2013|acessodata=24 de abril de 2013}}</ref>
 
Acredita-se que a mesquita abrigue os restos mortais de [[Zacarias (sacerdote)|Zacarias]], pai de [[João Batista]].<ref>[http://www.muslimheritage.com/topics/default.cfm?ArticleID=499 The Great Mosque of Aleppo] Muslim Heritage.</ref><ref name="Syria Gate">[http://www.syriagate.com/Syria/about/cities/Aleppo/great_mosque.htm The Great Mosque (The Umayyad Mosque)] {{Wayback|url=http://www.syriagate.com/Syria/about/cities/Aleppo/great_mosque.htm |date=20081103083508 }} Syria Gate.</ref> Ela está localizada na parte antiga da cidade.
A construção da mesquita foi iniciada por volta de 715 e foi construída onde era o cemitério da catedral.<ref>George Mitchell, editor, Architecture of the Islamic World, Thames and Hudson, 1978, p.231.</ref> A obra foi iniciada pelo [[califa omíada]] {{lknb|Ualide|I}} e foi concluída por seu sucessor, [[Solimão ibne Abdal Malique|Solimão]], em 717.<ref name="ADL"/>
 
Na segunda metade do {{séc|XI}}, os [[mirdássidas]] controlavam Alepo e construíram uma fonte no pátio da mesquita.<ref>Tabaa, 1997, p.17.</ref> O [[minarete]] de 45 metros de altura da Grande Mesquita foi restaurado por [[Haçane Abul Haçane Maomé ibne Alcaxabe]], dos [[seljúcidas]], em 1090.<ref>Tabaa, 1997, p.40.</ref> A mesquita foi restaurada e ampliada pelo [[sultão]] [[Noradine]] em 1169 após um grande incêndio que destruiu a estrutura omíada anterior;<ref name="Syria Gate"/> Mais tarde, os [[mamelucos]] fizeram novas alterações.<ref name="ADL"/>
 
Em 1260, a mesquita inteira foi arrasada pelos [[mongóis]].<ref name="ADL">[http://archnet.org/library/sites/one-site.jsp?site_id=7501 Great Mosque of Aleppo] {{Wayback|url=http://archnet.org/library/sites/one-site.jsp?site_id=7501 |date=20090715124408 }} Archnet Digital Library.</ref><ref>Grousset, Rene, ''The Empire of the Steppes: A History of Central Asia'', (Rutgers University Press, 1991), 362.</ref>