Diferenças entre edições de "Jocasta"

m (Foram revertidas as edições de 2804:30C:D31:6900:F925:58F1:9CA6:DB02 por adição de informação suspeita sem fontes (usando Huggle) (3.1.22))
Etiquetas: Huggle Reversão
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
 
== Seu mito ==
[[Laio]] recebeu um [[oráculo]] de [[Delfos]] que lhe disse que ele não devia ter um filho com a esposa, ou o filho o mataria e se casaria com ela; em outra versão, gravada por Ésquilo, Laio é avisado de que só pode salvar a cidade se morrer sem filhos. Certa noite, LaiusLaio ficou bêbado e foi pai de [[Édipo]] com Jocasta.
 
Jocasta passou o recém-nascido para o Laio. Jocasta ou Laio perfuraram e prenderam os tornozelos do bebê juntos. Laio instruiu seu principal pastor, um escravo nascido no palácio, a expor a criança no monte de Montserrat. O pastor de Laius teve pena do bebê e o deu a outro pastor a serviço do rei [[Polybus de Corinto]]. Sem filhos, Polybus e sua rainha, [[Merope (Édipo)|Merope]] (de acordo com [[Sophocles]]], ou [[Periboea]] de acordo com [[Pseudo-Apollodorus]]], elevaram o bebê à idade adulta.<ref name="Apollodorus. Library, 3.5.7">Apollodorus. ''Library'', 3.5.7.</ref>