Diferenças entre edições de "Contratorpedeiro"

8 bytes removidos ,  01h28min de 30 de julho de 2020
m
Pequenos ajustes
(→‎Etimologia: Tradução estava incorreta)
m (Pequenos ajustes)
Um '''contratorpedeiro''', também referido como ''Destroyer'' ou ''Destróier'', é um tipo de [[navio de guerra]], rápido e manobrável, concebido para escoltar navios maiores numa [[esquadra#esquadra no âmbito naval|esquadra naval]] ou comboio de navios e defendê-los contra agressores menores, mas perigosos. Como a sua designação indica, a missão inicial dos contratorpedeiros era a defesa contra [[barco torpedeiro|torpedeiros]], mas depois a missão passou a ser sobretudo a defesa contra [[submarino]]s e [[aeronave]]s.
 
Até depois da [[Primeira Guerra Mundial]], os contratorpedeiros eram embarcações ligeiras, sem autonomia para operações oceânicas independentes. Para realizarem operações oceânicas, os contratorpedeiros tinham que se agrupar em [[flotilha]]s, apoiadas por navios de apoio logístico. Pouco antes da [[Segunda Guerra Mundial]], começaram a ser desenvolvidos contratorpedeiros maiores e mais poderosos, capazes de operarem de forma independente. Os contratorpedeiros tornaram-se cada vez mais poderosos, começando a substituir os [[cruzador]]es, como principais navios de combate de superfície, à medida que aquele tipo de naviosnavio deixou de ser usado pela maioria das [[marinha]]s, nas décadas de [[década de 1950|1950]] e de [[década de 1960|1960]].
 
Atualmente,Desde [[1970]] até hoje;, os contratorpedeiros são os maiores navios de combate de superfície da maioria das marinhas do mundo, já que apenas quatro nações ([[Estados Unidos]], [[Rússia]], [[França]] e [[Peru]]) ainda operam o tipo mais pesado dos cruzadores e já nenhuma opera [[couraçado]]s. Os modernos contratorpedeiros de mísseis guiados são equivalentes em deslocamento, mas muito superiores em termos de poder de fogo e outras capacidades, aos cruzadores da Segunda Guerra Mundial.
 
==Etimologia==