Diferenças entre edições de "Humildade"

2 bytes adicionados ,  21h07min de 1 de agosto de 2020
Consertando gramática.
(Erro de escrita)
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
(Consertando gramática.)
HumildeHumildade vem do [[latim]] ''umilitas'', e é a virtude que consiste em conhecer as suas próprias limitações e fraquezas e agir de acordo com essa consciência. Refere-se à qualidade daqueles que não tentam se projetar sobre as outras pessoas, nem mostrar ser superior a elas. A Humildade é considerada pela maioria das pessoas como a [[virtude]] que dá o sentimento exato do nosso [[bom senso]] ao nos avaliarmos em relação às outras pessoas. Características como [[cordialidade]], [[respeito]], [[simplicidade]] e [[honestidade]], embora sejam frequentemente associadas à humildade, são independentes. Portanto, quem as possui não precisa necessariamente ser humilde.<ref name="conceito">{{Citar web|url=http://conceito.de/humildade|título=Conceito de humildade - O que é, Definição e Significado|publicado=conceito.de|acessodata=26 de outubro de 2016}}</ref>
 
No livro a Linguagem dos Deuses, de Antônio Carlos Farjani, humildade provém também da palavra ''humus'', relativo à terra. "A fórmula latina homo-humus-humilis é altamente esclarecedora: assim como o universo advém do Caos e a ele retorna no final de cada ciclo, o homem, produto da terra, a ela retornará no fim da sua existência, quando então será 'humilhado', isto é, baixado ao húmus, por ocasião de seu sepultamento, e passará a fazer parte do elemento fértil subjacente ao solo. Do ponto de vista esotérico, esse retorno ao seio da terra não coincide com a morte do corpo, mas com a morte do eu profano ocorrida na iniciação. Descer ao húmus, nesse contexto, equivale a descer ao Hades, ou seja, os Infernos ou o Reino dos Mortos; essa 'descida' é feita em vida pelo iniciado, e consiste numa viagem interior."<ref>{{citar livro|título=A Linguagem dos Deuses|ultimo=FARJANI|primeiro=Antonio Carlos|editora=Mercuryo|ano=1991|local=São Paulo - SP|páginas=115 e 116}}</ref>
69

edições