Eleição presidencial no Brasil em 1960: diferenças entre revisões

sem resumo de edição
m (ajustes usando script, ajustes usando script)
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
JK foi eleito por uma coligação entre o [[Partido Social Democrático (1945)|Partido Social Democrático]] (PSD) e o [[Partido Trabalhista Brasileiro]] (PTB), partidos de origem [[Getúlio Vargas|getulista]]. Mesmo com a oposição na [[União Democrática Nacional]] (UDN) e de alguns setores militares, foi eleito presidente da República em 1955. Sua posse só foi garantida após a intervenção do então Ministro da Guerra, marechal [[Henrique Lott]], em novembro daquele ano, após uma tentativa de golpe militar.
 
Antes mesmo de tomar posse Juscelino teve de lidar com uma revolta militamilitar. A [[Revolta de Jacareacanga]] foi uma rebelião de militares da [[Aeronáutica]], liderados pelo major Haroldo Veloso e pelo capitão José Chaves Lameirão, que tomaram a base militar de Jacareacanga, no [[Pará]]. Consistiu numa reação contrária à posse de [[Juscelino Kubitschek]], sendo seu governo visto pelos líderes da revolta como a volta do governo de inspiração em [[Getúlio Vargas]] . Tem ligações com o movimento golpista de 11 de novembro, que ocorreu no ano anterior, 1955.<ref>{{Citar web|titulo=Revoltas de Jacareacanga e Aragarças contra JK ameaçaram a democracia|url=https://acervo.oglobo.globo.com/fatos-historicos/revoltas-de-jacareacanga-aragarcas-contra-jk-ameacaram-democracia-18621865|obra=Acervo|acessodata=2019-03-30|lingua=pt-br|primeiro=Acervo-Jornal O.|ultimo=Globo}}</ref> Teve início na noite do dia 10 de fevereiro de 1956, quando os dois oficiais tomaram um avião caça AT-11, no Rio de Janeiro. Durante os 19 dias de revolta, a cidade de [[Santarém (Pará)]] e mais alguns pequenos povoados foram tomados pelos rebeldes, tendo o governo encontrado dificuldades para repreender o movimento, ainda mais pela recusa da Aeronáutica em ajudar nesse processo. No dia 29 do mesmo mês e ano, teve fim a revolta, após ser controlada pelas tropas legalistas, tendo a prisão de um de seus líderes, Haroldo Veloso.<ref>{{Citar web|titulo=Revolta de Jacareacanga {{!}} CPDOC|url=https://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/JK/artigos/Politica/Jacareacanga|obra=cpdoc.fgv.br|acessodata=2019-03-30}}</ref>
 
Dentre as primeiras proposições políticas do governo Juscelino Kubitschek esteve o [[Plano de Metas]], também chamado de Programa de Metas. Esse plano consistia em um projeto de desenvolvimento nacional com trinta e uma metas, a trigésima primeira meta era a construção de [[Brasília]] e a transferência da capital federal para lá. Esse plano baseou-se em estudos realizados pela Comissão Mista Brasil-Estados Unidos entre os anos de 1951 e 1953. Essa comissão tinha por objetivo identificar os pontos cruciais de estagnação da economia brasileira que inviabilizavam o crescimento econômico do país em um viés [[Capitalismo|capitalista]] e [[liberalismo|liberal]].
Utilizador anónimo