Diferenças entre edições de "Kali"

1 021 bytes removidos ,  22h44min de 10 de agosto de 2020
Oq tava errado
m (remoção de juízo de valor)
(Oq tava errado)
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Remoção considerável de conteúdo
{{ver desambiguação}}
{{Info
| estilo = width: 20em;
| espaço_entre_células = 2;
| espaço_conteúdo-borda_das_células = 3;
| tamanho = 50;
| título = Kali
| título-estilo = height: 1em; background-color: #FF9F00;
| imagem = kali1.jpg
| imagem-tamanho = 200px
| legenda = <small>Altar celebrando a deusa Kali, que paira, como é tradicional, sobre o corpo dominado de [[Shiva]]</small>
| tópico1 = <small>'''Kali'''<br />''assassina de demônios''</small>
| tópico1-estilo =
| rótulo2 = '''<small>arma</small>'''
| dados2 = <small>espada</small>
| rótulo4 = '''<small>Símbolos</small>'''
| dados4 = <small>serpente, colar de crânios</small><ref>SCHULBERG, L. ''Índia histórica''. Tradução de J. A. Pinheiro de Lemos. Rio de Janeiro. Livraria José Olympio Editora. 1979. p. 182.</ref>
| rodapé = <small>[[Portal:Religião|'''Portal de religião]]</small>
| rodapé-estilo = height: 0,3em; background-color: silver;
}}
{{Commons|Category:Kali}}
'''Kali''' ou '''Cali'''<ref>SCHULBERG, L. ''Índia histórica''. Tradução de J. A. Pinheiro de Lemos. Rio de Janeiro. Livraria José Olympio Editora. 1979. p. 182.</ref> é uma das divindades do [[hinduísmo]]. É considerada uma manifestação da deusa [[Durga]], a esposa de [[Xiva|Shiva]]. É representada manchada de sangue, com cobras e um colar de crânios.<ref>SCHULBERG, L. ''Índia histórica''. Tradução de J. A. Pinheiro de Lemos. Rio de Janeiro. Livraria José Olympio Editora. 1979. p. 182.</ref>
 
Kali representarepprpeppresenta a Mãe Natureza. Seus quatro braços evocam a Criação, a Preservação, a Destruição e (o quarto) o dom da Salvação para aqueles que vão além da Natureza em busca do âmago Infinito. A guirlanda de crânios significa sua divina onipresença em todas as mentes humanas para mostrar que a vida humana é passageira. Os cabelos revoltos lembram a energia de Deus espalhando-se por toda a Criação. Sua dança, os passos rítmicos imitam a natureza vibratória do universo.<ref>
KRIYANANDA, Swami; Paramahansa Yogananda: uma biografia; tradução Gilson César Cardoso de Souza. 1a ed. - São Paulo: Pensamento, 2014.</ref>