Diferenças entre edições de "Sam Bird"

65 bytes adicionados ,  19h59min de 15 de agosto de 2020
sem resumo de edição
|lm24_vitorias_classes = 0
}}
'''Sam Jamie Bird''' ([[Roehampton]], [[9 de janeiro]] de [[1987]]) é um [[Piloto (automobilismo)|automobilista]] [[britânico]] que atualmente corre pela [[EnvisionPanasonic VirginJaguar Racing]] na [[Fórmula E]].<ref>{{citar web|url=https://e-racing365.com/formula-e/bird-frijns-to-remain-at-envision-virgin-for-2019-20/|títuloname="Bird, Frijns to Remain at Envision Virgin for 2019-20 – e-racing365|último =Smith|primeiro =Sam|website=e-racing365.com|língua=en-US|acessodata=11 de outubro de 2019}}<"/ref> e pela [[AF Corse]] no [[Campeonato Mundial de Endurance da FIA]].
 
== Carreira ==
 
=== GP2 ===
Sam Bird não participou da última etapa da Fórmula 3 europeia para fazer um teste pela [[ART Grand Prix]] na [[GP2 Asia Series|GP2]] asiática no circuito de [[Circuito de Yas Marina|Yas Marina]] em [[Abu Dhabi]]. Ele correu na temporada de [[Temporada da GP2 Asia Series de 2009/2010|2009-10]] pela equipe, temporada na qual ele terminou em sétimo com um segundo lugar na última prova.
 
Bird disputou a [[GP2 Series]] de [[Temporada de GP2 Series de 2010|GP2 de 2010]] pela ART, tendo cobiçado uma vaga na equipe [[França|francesa]]. Ele foi rápido mas ao mesmo tempo azarado, perdendo potenciais resultados cruciais por problemas técnicos, no motor e colisões que não ocorreram por sua culpa. Entretanto, ele geriu a corrida para poder construir sua própria vitória em [[Monza]], assim como fazer sua terceira volta mais rápida da temporada.
[[Ficheiro:GP2-Belgium-2013-Feature Race-Sam Bird.jpg|miniaturadaimagem|Bird correndo na Bélgica na [[Temporada da GP2 Series de 2013|GP2 de 2013]].]]
Em 2011, Bird foi para a mesma equipe de [[Marcus Ericsson]], a [[iSport International]]. Sua campanha na [[GP2 Asia Series|GP2 asiática]] resultou em três abandonos em quatro corridas, mas depois de um grande começo na temporada principal da [[Temporada de GP2 Series de 2011|GP2]], ele era o segundo no campeonato de pilotos depois de quatro corridas, com o mesmo número de pontos do líder [[Romain Grosjean]]. Depois do auge, porém, ele gradativamente foi caindo no campeonato e terminou a temporada em sexto.
Na [[Campeonato de Fórmula E de 2015–16|segunda temporada]], Bird não fez uma boa [[EPrix de Pequim de 2015|primeira corrida]], ele conseguiu apenas um nono lugar na classificação e um sétimo na corrida. No [[EPrix de Putrajaia de 2015|ePrix de Putrajaia]] Bird também não fez uma boa classificação largando apenas em 14º. Mas depois de uma boa corrida de recuperação, Bird conseguiu o segundo lugar.<ref>{{Citar web|url=http://grandepremio.uol.com.br/f-e/noticias/bird-dedica-podio-no-ep-de-putrajaya-a-virgin-e-revela-problema-antes-da-largada-nos-tinhamos-so-uma-bateria-pronta|titulo=Bird dedica pódio no eP de Putrajaya à Virgin e revela problema antes da largada: “Nós tínhamos só uma bateria pronta”|acessodata=2016-07-19|lingua=pt-BR}}</ref> Na [[EPrix de Punta del Este de 2015|terceira corrida]], Sam Bird conseguiu fazer uma excente classificação e largou em terceiro lugar, porém, com apenas 17 voltas de prova, Bird saiu da corrida. No [[EPrix de Buenos Aires de 2016|ePrix de Buenos Aires]] Bird fez novamente uma grande classificação, conseguindo sua primeira ''[[pole position]]'' na [[Fórmula E]].<ref>{{Citar web|url=http://grandepremio.uol.com.br/f-e/noticias/bird-aproveita-erro-de-favoritos-e-garante-pole-da-f-e-em-buenos-aires-senna-bate-e-buemi-roda|titulo=Bird aproveita erro de favoritos e garante pole da F-E em Buenos Aires. Senna bate e Buemi roda|acessodata=2016-07-19|lingua=pt-BR}}</ref> Durante a corrida Bird manteve o primeiro lugar e no final da corrida segurou [[Sébastien Buemi]], que vinha de uma espetacular recuperação do último lugar.<ref>{{Citar web|url=http://grandepremio.uol.com.br/f-e/noticias/bird-freia-recuperacao-incrivel-de-buemi-e-vence-ep-de-buenos-aires-em-defesa-marcante-di-grassi-e-terceiro|titulo=Bird freia recuperação incrível de Buemi e vence eP de Buenos Aires em defesa marcante. Di Grassi é terceiro|acessodata=2016-07-19|lingua=pt-BR}}</ref> No [[EPrix da Cidade do México de 2016|quinto ePrix]] da temporada Bird novamente não fez uma boa classificação conseguindo apenas o 11º lugar, durante a corrida Bird conseguiu algumas posições e chegou em sexto ao final da corrida. Na [[EPrix de Long Beach de 2016|sexta corrida]] da temporada Bird fez o segundo tempo na classificação mas ganhou o primeiro lugar após [[António Félix da Costa]] ser desclassificado.<ref>{{Citar web|url=http://grandepremio.uol.com.br/f-e/noticias/inspecao-tecnica-encontra-pneu-com-pressao-abaixo-da-exigida-e-desclassifica-felix-da-costa-em-long-beach-bird-e-pole|titulo=Inspeção técnica encontra pneu com pressão abaixo da exigida e desclassifica Félix da Costa em Long Beach. Bird é pole|acessodata=2016-07-19|lingua=pt-BR}}</ref> Durante a corrida, porém, Bird não teve um grande desempenho e perdeu cinco posições, chegando em sexto. No [[EPrix de Paris de 2016|ePrix de Paris]], Bird conseguiu sua segunda pole na Fórmula E, mas não conseguiu o mesmo desempenho da primeira vez, após perder uma posição para o líder da temporada, [[Lucas Di Grassi]], na largada.<ref>{{Citar web|url=http://grandepremio.uol.com.br/f-e/noticias/di-grassi-toma-ponta-na-largada-e-vence-movimentado-ep-de-paris-para-abrir-vantagem-na-lideranca-da-f-e|titulo=Di Grassi toma ponta na largada e vence movimentado eP de Paris para abrir vantagem na liderança da F-E|acessodata=2016-07-19|lingua=pt-BR}}</ref> Bird perdeu ainda na primeira volta outra posição para seu companheiro de equipe,<ref>{{Citar web|url=http://grandepremio.uol.com.br/f-e/noticias/irritado-bird-chama-vergne-de-chicane-ambulante-apos-ep-de-paris-esqueceu-que-tem-companheiro-de-equipe|titulo=Irritado, Bird chama Vergne de “chicane ambulante” após eP de Paris: “Esqueceu que tem companheiro de equipe”|acessodata=2016-07-19|lingua=pt-BR}}</ref> [[Jean-Éric Vergne]], fato que gerou uma desavença na equipe, Bird terminou a corrida em sexto. Na [[EPrix de Berlim de 2016|etapa de Berlim]], Bird fez uma satisfatória classificação e conseguiu o sexto tempo, mas após uma série de punições por irregularidades, Bird ganhou duas posições e largou em quarto,<ref>{{Citar web|url=http://grandepremio.uol.com.br/f-e/noticias/inspecao-pos-classificacao-detecta-irregularidade-em-pressao-de-pneu-de-quatro-carros-e-muda-grid-de-berlim|titulo=Inspeção pós-classificação detecta irregularidade em pressão de pneu de quatro carros e muda grid de Berlim|acessodata=2016-07-19|lingua=pt-BR}}</ref> na corrida, Bird teve um péssimo desempenho e chegou apenas em 11º, fora da zona de pontuação. Na [[EPrix de Londres de 2016|primeira corrida]] da última etapa do campeonato Sam Bird fez novamente uma satisfatória classificação, largando em sétimo, na corrida, apenas manteve a posição. Na [[EPrix de Londres de 2016|última corrida]] da temporada Bird novamente teve uma fraca classificação e largou apenas do oitavo lugar. Durante a corrida, Bird saiu logo na sexta volta. Bird terminou o campeonato com 88 pontos e mesmo com quase 20 pontos a menos que na temporada anterior, o piloto terminou em quarto na classificação geral, uma posição acima que na temporada passada.
 
Após permanecer seis temporadas na mesma equipe,<ref>{{citar web|url=https://e-racing365.com/formula-e/bird-frijns-to-remain-at-envision-virgin-for-2019-20/|título=Bird, Frijns to Remain at Envision Virgin for 2019-20 – e-racing365|último =Smith|primeiro =Sam|website=e-racing365.com|língua=en-US|acessodata=11 de outubro de 2019}}</ref> em 14 de julho de 2020, foi anunciado que Bird iráiria se transferir para a [[Panasonic Jaguar Racing]] para a disputa doda temporada de [[Campeonato Mundial de Fórmula E de 2020–21|2020–21]].<ref name="Bird">{{citar web|url=https://www.f1mania.net/formula-e/sam-bird-confirma-ida-para-a-jaguar-racing-a-partir-da-setima-temporada/|título=Sam Bird confirma ida para a Jaguar Racing a partir da sétima temporada|publicado=F1 Mania|data=14 de julho de 2020|acessodata=16 de julho de 2020}}</ref>
 
== Resultados ==