Diferenças entre edições de "Livraria Saraiva"

3 bytes removidos ,  00h39min de 16 de agosto de 2020
sem resumo de edição
 
=== Caso Amazon ===
A Saraiva estaria dificultando a entrada da Amazon no Brasil. Segundo fontes da [[Istoé Dinheiro]], a livraria estaria usando seu poder sobre editoras do país para dificultar a entrada da Amazon. Ainda segundo estas fontes, a Saraiva estaria fazendo ameaças de represálias comerciais à editoras que fizessem acordo com a empresa [[Povo dos Estados Unidos|estadunidense]]. A Saraiva, através do seu CEO Marcílio Pousada nega as acusações: ''“Jamais falaríamos isso, Temos 97 anos de relacionamento com as editoraseditoras”.''. <ref>[http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/80020_OS+PLANOS+DA+AMAZON+PARA+O+BRASIL "Os planos da Amazon para o Brasil" ] {{Wayback|url=http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/80020_OS+PLANOS+DA+AMAZON+PARA+O+BRASIL |date=20120618012046 }}, Istoé Dinheiro, 23 de Março, 2012.</ref>
 
=== Saraiva Mega Store ===
 
=== Recuperação judicial ===
Com o setor em crise, a Saraiva entrou com um pedido de recuperação judicial no dia 23 de novembro de 2018, com uma divida de R$ 674 milhões, fechou 19 lojas pelo Brasil no mês de outubro, restando 85 lojas físicas.<ref>https://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2018/11/23/maior-rede-de-livrarias-do-pais-pede-recuperacao-judicial.ghtml Maior rede de livrarias do país pede recuperação judicial</ref> <ref>https://economia.ig.com.br/empresas/2018-11-23/pedido-de-recuperacao-judicial-da-saraiva.html Saraiva segue os passos da Cultura e entra com pedido de recuperação judicial</ref> O pedido de recuperação foi aberto pela Saraiva e Siciliano S/A e a Saraiva Livreiros S/A perante a 2.ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Foro Central Cível de São Paulo. O pedido foi concedido em 26 de novembro de 2018, e o Plano de Recuperação Judicial foi aprovado por maioria dos credores na Assembleia-Geral ocorrida em 29 de agosto de 2019<ref>{{citar web |url= https://exame.abril.com.br/negocios/plano-de-recuperacao-judicial-da-saraiva-e-aprovado/ |título= Plano de recuperação judicial da Saraiva é aprovado |acessodata= 2019-09-01 |autor= |data= 2019-08-29 |obra= Revista Exame |publicado= Grupo Abril |arquivodata= |arquivourl= |urlmorta=no}}</ref>, no qual prevê a reorganização da estrutura da empresa, com adoção de processos gerenciais, bem como a reestruturação do passivo de acordo com cada classe.
 
== Ver também ==