Pizzagate: diferenças entre revisões

232 bytes adicionados ,  20 de agosto de 2020
acrescentei uma frase para melhor compreensão
m (Foram revertidas as edições de 2804:14C:D0:30E1:447A:AF0B:E6AF:20A3 para a última revisão de 177.11.174.42, de 03h05min de 21 de julho de 2020 (UTC))
Etiqueta: Reversão
(acrescentei uma frase para melhor compreensão)
[[Imagem:Comet_Ping_Pong_Pizzagate_2016_01.jpg|alt=Exterior of Comet Ping Pong in Northwest, Washington, D.C.|miniaturadaimagem|Os defensores da Pizzagate ligaram o Comet Ping Pong (na foto) com uma fictícia rede de [[Abuso sexual de menor|pornografía infantil]].<ref name="Folha de São Paulo">{{Citar jornal|url=https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2016/11/1834466-pizzaria-nos-eua-sofre-com-acusacao-falsa-de-trafico-de-criancas.shtml|titulo= "Pizzaria sofre com acusação falsa de tráfico de crianças envolvendo Hillary"}}</ref>]]
'''''"Tudo que eles querem desqualificar, apresentam como teoria da conspiração. Mas, no último trimestre de 2020, nenhuma informação ficará escondida nas sombras" RS'' ............................................................Pizzagate''' é uma [[teoria da conspiração]] que se difundiu durante as [[Eleição presidencial nos Estados Unidos em 2016|eleições presidenciais dos Estados Unidos em 2016]].<ref name="New York Times">{{Citar jornal|url=https://www.nytimes.com/interactive/2016/12/10/business/media/pizzagate.html|titulo= "Dissecting the #PizzaGate Conspiracy Theories"|idioma= EN}}</ref> Foi amplamente desacreditada por diversas organizações, incluído o Departamento da Polícia Metropolitana do Distrito de Columbia.
 
Em março de 2016, a conta de email de [[John Podesta]], coordenador de campanha [[Hillary Clinton]], foi alvo de um ataque de [[phishing]].<ref name="Superinteressante">{{Citar jornal|url=https://super.abril.com.br/mundo-estranho/pizzagate-o-escandalo-de-fake-news-que-abalou-a-campanha-de-hillary/|titulo= "Pizzagate: o escândalo de fake news que abalou a campanha de Hillary"}}</ref> Em novembro do mesmo ano, o [[WikiLeaks]] divulgaria emails pessoais supostamente pertencentes a Podesta. Os defensores da [[Teoria da conspiração|teoria conspiratória]] "Pizzagate" afirmam que os emails continham mensagens codificadas que relacionariam diversos restaurantes e altos servidores do [[Partido Democrata (Estados Unidos)|Partido Democrata]] a uma suposta rede de tráfico de pessoas. Membros da [[Direita alternativa|direita norte-americana]] utilizaram redes como [[Twitter]] e [[4chan]] para espalhar a conspiração.<ref name="Superinteressante">{{Citar jornal|url=https://super.abril.com.br/mundo-estranho/pizzagate-o-escandalo-de-fake-news-que-abalou-a-campanha-de-hillary/|titulo= "Pizzagate: o escândalo de fake news que abalou a campanha de Hillary"}}</ref>
Utilizador anónimo