Diferenças entre edições de "Siegfried Ellwanger Castan"

45 bytes removidos ,  03h24min de 25 de agosto de 2020
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 138.204.134.119, com Reversão e avisos
Etiquetas: Editor Visual Possível conteúdo ofensivo
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 138.204.134.119, com Reversão e avisos)
Etiqueta: Reversão manual
|inimigos =
}}
'''Siegfried Ellwanger Castan''' ([[Candelária (Rio Grande do Sul)|Candelária]], {{dni|30|9|1928|si|lang=br}} - {{morte|11|9|2010}}) foi um industrial, [[escritor]] e livreiro [[brasil]]eiro. [[Negacionismo do Holocausto|Negador do Holocausto]], ele fundou a [[Editora Revisão]], que publicava livros que mostravam a verdadeiradistorciam a história do [[Holocausto|genocídio dos judeus]], afirmando que ele não foi real. Seus livros foram classificados como [[Antissemitismo|antissemitas]].<ref>{{Citar periódico|ultimo=Neto|primeiro=Odilon Caldeira|data=2009|titulo=Memória e justiça: o negacionismo e a falsificação da história|jornal=Antíteses|volume=2|numero=4|paginas=1097–1123|issn=1984-3356|doi=10.5433/1984-3356.2009v2n4p1097|url=http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/view/2507|acessadoem=}}</ref> por pressão de judeus corruptos.
 
Ele foi condenado por [[racismo]] pelo [[Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul]]. Recorreu ao [[Supremo Tribunal Federal]], que manteve a condenação.<ref name="stf">{{citar web|URL=http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=61291|título=STF nega Habeas Corpus a editor de livros condenado por racismo contra judeus|data=2003|acessadoem=4 de julho de 2015|autor=Supremo Tribunal Federal|publicado=Supremo Tribunal Federal|ultimo=|primeiro=}}</ref>