Diferenças entre edições de "Agostinho Lourenço"

106 bytes adicionados ,  19h29min de 25 de agosto de 2020
Ajustes
(→‎Biografia: Nenhuma das fontes suporta a afirmação. Esta afirmação é do editor, não é das fontes. Ver página de discussão.)
(Ajustes)
 
== Biografia ==
Agostinho Lourenço combateu no exército português na Primeira Guerra Mundial.{{sfn|Lochery|2011|p=}}. Apoiou o Sidonismo, durante o qual assumiu as funções de Governador Civil de Leiria.<ref name="PMS" />
 
Após o golpe de Estado do 28 de Maio foi nomeado comissário de divisão da Polícia de Segurança Pública e, posteriormente, diretor da PIP, da [[ Polícia de Vigilância e Defesa do Estado ]] e da [[Polícia Internacional e de Defesa do Estado]].<ref name="PMS">SERRA, Pedro Miguel Coelho. ''[https://run.unl.pt/bitstream/10362/60394/1/Ant%C3%B3nio%20Roquete2.pdf António Fernandes Roquete (1906‐1995) : Um“ídolo”do desporto nas polícias políticas do Estado Novo]''. Tese de doutoramento apresentada à Universidade Nova de Lisboa, p. 139.</ref>
 
Em 1933, nos primeiros anos do regime ditatorial do [[Estado Novo (Portugal)|Estado Novo]], Agostinho Lourenço organizou a [[Polícia de Vigilância e Defesa do Estado]] (PVDE), definindo os seus métodos de atuação, assentes nas prisões arbitrárias e na tortura.<ref name="IFP">PIMENTEL, Irene Flunser. [http://irenepimentel.blogspot.com/2015/02/a-policia-politica-e-tortura-em_3.html A polícia política e a tortura].</ref>