Diferenças entre edições de "Lago de Bracciano"

6 bytes adicionados ,  22h17min de 26 de agosto de 2020
sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Sob o Papa Paulo V , a água foi trazida do Lago Bracciano para a região de Trastevere, em Roma, e (via Ponte Sisto) para o Rione de Regola.
Assentamento Neolítico La Marmotta
No La Marmotta, algumas centenas de metros fora da aldeia de Anguillara Sabazia, restos de uma Antigaantiga aldeia, datável 5700de 5.700 a.C foram encontrados, em trabalhos supervisionados por Maria Antonietta Fugazzola Delpino , diretora do Museu Nacional Pigorini da Pré-História e Etnografia em Roma , e presidente do Instituto Italiano de Pré-história e Proto-história.As estacas grossas de carvalho cravadas a mais de dois metros no subsolo sobreviveram, graças aos sedimentos anóxicos do fundo do lago; dendrocronologiadata o assentamento com muita precisão, pois as sequências locais de anéis de árvores já foram completamente estabelecidas. O posto mais antigo que Fugazzola Delpino descobriu em La Marmotta data de cerca de 5.690 a.C, mas ela acha que o trabalho em andamento ainda pode revelar que a aldeia nasceu cerca de um século antes. Ela tem mais certeza de quando ele morreu: cerca de uma década depois de 52305.230 a.C. "Desde o sexto milênio aCa.C, à medida que o clima ficou mais úmido, o nível da água no lago Bracciano aumentou mais de 25 pés e, portanto, as ruínas da vila neolítica à beira do lago agora estão enterradas na lama a 400 metros da costa" (Delpino 2002 )
 
A evidência mais forte de que os Marmottans vieram de muito longe, provavelmente originalmente fazendo seu caminho Arrone para sua fonte no Lago Bracciano, é simplesmente que sua cultura era avançada. Na região ao redor do Lago Bracciano, de acordo com Fugazzola Delpino, não há sinal de ninguém além de caçadores-coletores antes da construção do assentamento em La Marmotta. Os construtores da aldeia tiveram à sua disposição, desde o início, todo o " pacote neolítico ": animais e plantas domesticados, potes de cerâmica, ferramentas de pedra polida, como se tivessem descarregado tudo aquilo dos seus barcos.