Diferenças entre edições de "História militar do Brasil"

20 bytes adicionados ,  01h33min de 27 de agosto de 2020
m
O marechal [[Hermes da Fonseca]], ao assumir a pasta da Guerra em [[1906]], deu vigoroso impulso à reforma da estrutura militar do país. Estabeleceu o serviço militar obrigatório, por sorteio, e reorganizou o exército em bases modernas, reequipando-o. A lei do sorteio teve muitos protestos, porém, foi efetivamente aplicada em [[1916]], por contingência da [[Primeira Guerra Mundial]].
 
Em [[1919]], o Exército Brasileiro foi reorganizado por uma missão militar francesa, chefiada pelo general [[Maurice Gamelin|Maurice-Gustave Gamelin]]. O movimento modernizante continuou após [[1930]], como resultado do processo revolucionário que alterou a vida nacional.
 
Militares de esquerda se rebelaram e fizeram a longa [[Coluna Prestes]], que marchou durante 3 anos pelo interior do Brasil e seguiu enfrentando tropas oficiais, [[jagunço]]s e [[cangaço|cangaceiros]] encomendados sem nunca ser vencida, até cruzar a fronteira se refugiar na [[Bolívia]].