Diferenças entre edições de "Leis de Nuremberg"

17 bytes removidos ,  20h01min de 27 de agosto de 2020
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 179.191.140.250, com Reversão e avisos
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 179.191.140.250, com Reversão e avisos)
Etiqueta: Reversão manual
==Antecedentes==
{{Principal|Eugenia nazista|Nazismo e raça}}
O [[Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães]] (NSDAP; Partido Nazi) foi um dos partidos políticos de [[extrema-Direita|extrema-esquerda]] activos na Alemanha depois do fim da [[Primeira Guerra Mundial]].{{sfn|Evans|2003|pp=170–171}} Entre os objectivos do partido estava o derrube da [[República de Weimar]], a rejeição dos termos do [[Tratado de Versalhes (1919)|Tratado de Versalhes]] e o anti-semitismo radical. {{sfn|Goldhagen|1996|p=85}} Prometia um governo central forte, uma expansão do ''[[Lebensraum]]'' (espaço vital) para os povos germânicos, a formação de uma ''[[Volksgemeinschaft]]'' (comunidade do povo) baseada na raça, e uma limpeza racial através da supressão dos judeus, que ficariam sem cidadania e direitos civis.{{sfn|Evans|2003|pp=179–180}}
 
Enquanto se encontrava na prisão em 1924, depois do falhado [[Putsch da Cervejaria]], Hitler ditou ''[[Mein Kampf]]'' ao seu assistente, [[Rudolf Hess]].{{sfn|Bullock|1962|p=121}} O livro consiste numa autobiografia e na exposição das ideologias de Hitler, no qual ele expunha os seus planos para a transformação da sociedade alemã numa baseada numa só raça. Nele destaca a sua crença no [[bolchevismo judeu]], uma teoria da conspiração que defendia a existência de uma conspiração internacional judaica para dominar o mundo no qual os judeus eram o inimigo mortal do povo alemão. Ao longo da sua vida, Hitler nunca se afastou da sua ''[[Weltanschauung]]'' (visão do mundo) tal como a expôs em ''Mein Kampf''.{{sfn|Kershaw|2008|pp=148–150}} O NSDAP defendia o conceito de ''Volksgemeinschaft'' com o objectivo de unir todos os alemães como camaradas nacionais, ao mesmo tempo que excluía aqueles considerados estranhos à comunidade ou de ''[[Fremdvölkische]]'' (raças exteriores).{{sfn|Wildt|2012|pp=96–97}}