Diferenças entre edições de "Lolita (filme de 1962)"

m
sem resumo de edição
m
m
 
==== Contemplando o assassinato de Charlotte Haze ====
No romance, Humbert e Charlotte vão nadar no Lago Hourglass, onde Charlotte anuncia que ela vai enviar Lo fora para um bom colégio interno; aquela parte toma lugar na cama no filme. Contemplação de Humbert de possivelmente matar Charlotte similarmente toma lugar no Lago Hourglass no livro, mas em casa no filme. Essa diferença afeta o contemplado método de Humbert de matar Charlotte. No livro ele é tentado para afogar ela no lago, ao passo no filme ele considera a possibilidade de balear ela com uma pistola, enquanto na casa, em ambos cenários concluindo que ele poderia nunca trazer ele mesmo para fazer isso. Em sua biografia de Kubrick, Vincent LoBrutto nota que Kubrick tentou para recriar o Lago Hourglass em um estúdio, mas tornou-se desconfortável filmar tal uma pivô importante cena exterior no estúdio, então ele remodelou a cena para tomar lugar na casa.<ref>{{citar livro|título=Stanley Kubrick: A Biography |último =LoBrutto |primeiro = Vincent |autorlink = |ano = 1999 |publicado=Da Capo Press |local= |isbn=0-306-80906-0 |página=208 |páginas=|url= |acessodata=}}</ref> Susan Bordo nota que após a morte atual de Charlotte no filme, dois vizinhos veem a arma de Humbert e falsamente concluem que Humbert está contemplando suicídio, enquanto em fato ele tem sido contemplando matando Charlotte com isso.<ref>{{citar livro|título = The male body: a new look at men in public and in private |último = Bordo |primeiro = Susan |autorlink = |ano = 2000 |publicado = Macmillan |local= | isbn=0-374-52732-6 |página = 304 |páginas= |url= |acessodata= }}</ref>
 
A mesma tentativa de matar Charlotte aparece na seção "Deleted Scenes" do DVD do [[Lolita (filme de 1997)|filme de 1997]] (agora colocado de volta no Lago Hourglass). No romance Humbert realmente considera matar Charlotte e mais tarde Lolita acusa Humbert de ter deliberadamente matado ela. Apenas a primeira cena está no filme de 1962 e apenas a última cena aparece no filme de 1997.
4 097

edições