Diferenças entre edições de "Eremoryzomys polius"

48 bytes adicionados ,  15h47min de 11 de setembro de 2020
add nota de tradução
m
(add nota de tradução)
== Distribuição e status ==
Até onde se sabe, ''Eremoryzomys polius'' está confinado a uma pequena área no centro do Peru, a uma altitude de 760 a 2.100 m,{{Sfn|Percequillo|Weksler|Costa|2011|p=378}} mas as espécies podem variar mais amplamente. Ocorre na floresta das terras baixas secas da parte alta da bacia do [[rio Marañón]], a leste da principal cordilheira dos Andes.{{Sfn|Wilson|Reeder|2005|p=1153}}{{Sfn|Pacheco|Zeballos|Vivar|Weksler|2008}} O padrão [[Biogeografia|biogeográfico]] indicado pela relação entre ''Eremoryzomys'' e os ''Drymoreomys'' brasileiros é incomum. Embora existam alguns casos semelhantes de relações entre animais da Mata Andina e da [[Mata Atlântica]], estes envolvem habitantes de florestas úmidas nos Andes; ''Eremoryzomys'', em contraste, vive em uma área árida.{{Sfn|Percequillo|Weksler|Costa|2011|p=379}} Como a ''E. polius'' é pouco conhecida, a [[Lista vermelha da IUCN|Lista Vermelha da IUCN]] de 2008 a avalia como "[[Dados Deficientes|Dados deficientes]]". Está ameaçado pela [[destruição de habitat]] para pastagens de gado e não é conhecido em nenhuma [[área protegida]].{{Sfn|Pacheco|Zeballos|Vivar|Weksler|2019}}
 
{{Notas}}
*{{Trad/ref|en|Eremoryzomys|oldid=932289395}}
 
{{Referências}}
 
6 520

edições