Anã marrom: diferenças entre revisões

4 bytes adicionados ,  17 de setembro de 2020
"Que"
("Que")
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
}}
 
Uma {{PBPE|anã marrom|anã castanha}} é um corpo celeste cujo tamanho está entre o de planetas gigantes como [[Júpiter]] e o de estrelas pequenas, não sendo grandes o suficiente para iniciar a [[Cadeia próton-próton|fusão do hidrogênio]] em seu núcleo e possuindo baixa luminosidade.<ref name= astro-ufrgs>{{citar web|url=http://astro.if.ufrgs.br/estrelas/node7.htm|título=As estrelas de baixa luminosidade|data=|acessodata=29 de novembro de 2018|website=IF-UFRGS|publicado=5 de novembro de 2012|ultimo=Kepler de Souza Oliveira Filho|primeiro=Maria de Fátima Oliveira Saraiva}}</ref><ref name= nasa>{{citar web|url=https://starchild.gsfc.nasa.gov/docs/StarChild/questions/question62.html|título=What is a Brown Dwarf?|data=|acessodata=29 de novembro de 2018|website=Starchild-Nasa|publicado=|ultimo=|primeiro=}}</ref> Sendo que a sua massa é superior à de um [[planeta]], mas não tão massiva quanto a de uma [[estrela]], as anãs marrons são consideradas estrelas fracassadas. Por causa dessa característica que são vistas como o “elo perdido” entre planetas gigantes gasosos e estrelas.
 
Propostas inicialmente na década de [[1960]], permaneceram anos como uma [[hipótese]], até que, em [[1995]], fortes evidências comprovaram sua existência.
Utilizador anónimo