Diferenças entre edições de "Comenda de Oriz"

689 bytes adicionados ,  17h51min de 18 de setembro de 2020
m
→‎Extinção da comenda pelo Estado liberal: Pai de Maria Teresa e decreto de 1834
m (Foto: Diário do Governo 1852)
m (→‎Extinção da comenda pelo Estado liberal: Pai de Maria Teresa e decreto de 1834)
"Comendas fora do Mestrado: Braga, Orís. Não tem Igreja. De nenhuma diocese."
 
=== Extinção da comenda pelo Estadogoverno liberal (governo dos Cartistas)===
[[Imagem:Diário do Governo 1852.png|thumb|centro|Diário do Governo nº64 de 1852]]
Pelo [[Diário do Governo (Portugal)|Diário do Governo]] Nº64 de 16 de março de 1852, sabemos que D. Maria Teresa Jansen Möller (descendentefilha de Agostinho Jansen Möller, Brigadeiro, Marechal de Campo<ref>[[Henriquehttps://digitarq.arquivos.pt/details?id=6069762 Testamento de Maria Teresa Jansen Möller, na Torre do Tombo, Registo Geral de Testamentos - Belém 1834/1900, Livro 12 p.85]</ref>,e [[Lista de governadores do Algarve|governador interino do Algarve]] em 1782) foi aparentemente a última comendadora da comenda de Oriz em antes da extinção da ordem. Porque pelo acórdão do Tribunal de Contas, aí citado, D. Maria foi declarada devedora da quantia de três mil e duzentos e noventa [[Real (moeda portuguesa)|réis]] a Fazenda publica pelo pagamento da décima extraordinária da comenda de Oriz, de que era comendadora no ano de 1832<ref>[https://digigov.cepese.pt/pt/pesquisa/listbyyearmonthday?ano=1852&mes=3&tipo=a-diario&filename=1852/03/16/D_0064_1852-03-16&pag=1&txt=Oriz Diário do Governo nº64 de 16 de março de 1852]</ref>. Pouco depois, pelo Decreto de 14 de Julho de 1834, os bens das ordens militares são incorporados aos bens do estado e as comendas são extintas<ref>A venda dos bens nacionais(1834-43): uma primeira abordagem, em Análise Social, vol.XVI(61-62), 1980-lº-2º,p 88 de Luis Espinha da Silveira, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa</ref>.
 
== Posse da terra do Lameiro ==
563

edições