Eduardo Kneese de Mello: diferenças entre revisões

3 bytes adicionados ,  01h42min de 19 de setembro de 2020
m
+ilinks
(Nova)
 
m (+ilinks)
 
Kneese de Mello formou-se em 1931, recebendo o título de engenheiro-arquiteto pela [[Escola de Engenharia da Universidade Presbiteriana Mackenzie]], onde havia dado prosseguimento aos estudos logo após deixar a [[Escola Americana]], da [[Igreja Presbiteriana]], nome anteriormente adotado pelo [[Colégio Mackenzie|Mackenzie]]<ref name="cpu">{{citar web|URL=http://www.cronologiadourbanismo.ufba.br/biografia.php?idVerbete=1462&idBiografia=90|título=Projeto do "Edifício Japurá". Autor: Arq. Eduardo Kneese de Melo|autor=|data=|publicado=Cronologia do Pensamento Urbanístico|acessodata=}}</ref>.
Foi professor na Escola de Engenharia do Mackenzie entre 1937 e 1938 e novamente de 1945 a 1947. Em 1955 inicia como professor na [[Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP]], colaborando com a organização do curso de pós-graduação. Nesta universidade dirigiu ainda o IEB, [[Instituto de Estudos Brasileiros]], do qual concebeu o logotipo e participou do Conselho Diretor. Nos anos 1970 a 1990, também deu aulas em Mogi da Cruzes e Guarulhos, na Faculdade de Arquitetura Farias Brito, da Universidade de Guarulhos, cujo edifício tem projeto de sua autoria<ref>{{citar web|URL=https://www.arquivo.arq.br/faculdade-de-arquitetura-e-urbanismo-far|título=Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Farias Brito (UNG)|autor=|data=|publicado=Arquivo.arq|acessodata=}}</ref>. Participou também da criação do [[Instituto_do_Patrimônio_Histórico_e_Artístico_Nacional#SPHAN_/_IPHAN|SPHAN]] e do departamento paulista do IAB, do qual foi o primeiro presidente<ref name="itau"/>.
 
Iniciou sua carreira projetando residências em [[estilo eclético]] na cidade de São Paulo. Mais tarde, aderiu ao [[Movimento Moderno]]<ref name=cpu />, trabalhando com vários nomes da arquitetura brasileira, dentre os quais, [[Roberto Burle Marx|Burle Marx]], [[Oswaldo Bratke]], [[Oscar Americano]], [[Oscar Niemeyer]]<ref name="arq">{{citar web|URL=https://www.arquivo.arq.br/eduardo-kneese-de-mello|título=Eduardo Kneese de Mello|autor=|data=|publicado=Arquivo.arq|acessodata=}}</ref>.
Em 1951, desenvolveu com [[Luis Saia]] o pavilhão da primeira [[Bienal Internacional de Arte de São Paulo]], no [[Parque Trianon]], ingressando logo após, na equipe de Niemeyer que desenvolveria o projeto do [[Parque do Ibirapuera]]<ref name="itau"/> e mais tarde o projeto da [[Novacap]].
 
Nos anos 1950, foi pioneiro na tentativa de implementar a pré-fabricação na construção civil brasileira, buscando a simplificação construtiva em uma sociedade pouco industrializada e ainda resistente àa esse tipo de inovação<ref name="itau"/><ref>{{citar web|URL=https://bdtd.ibict.br/vufind/Record/USP_2bf17cc6e05f8b580de81786a82f14e4|título=Pré-fabricação e a obra de Eduardo Kneese de Mello|autor=|data=|publicado=Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações|acessodata=}}</ref>.
 
Suas obras incluem diversos edifícios habitacionais, comerciais e de serviços públicos na cidade de São Paulo, entre eles [[Edifício Juruá]], [[Edifício Japurá]]<ref>{{citar web|URL=https://www.archdaily.com.br/br/922408/edificio-japura-cadernos-de-habitacao-coletiva|título=Cadernos de Habitação Coletiva - Edifício Japurá|autor=|data=|publicado=Archdaily|acessodata=}}</ref>, [[CRUSP]], Posto Assistencial do antigo [[INPS]]<ref name="arq"/>, Conjunto Residencial Ana Rosa<ref>{{citar web|URL=https://www.archdaily.com.br/br/922512/cadernos-de-habitacao-coletiva-edificios-guapira-e-hicatu|título=Cadernos de Habitação Coletiva - Edifícios Guapira e Hicatu|autor=|data=|publicado=Archdaily|acessodata=}}</ref>.