Diferenças entre edições de "Rubens de Falco"

Fez parte do elenco das últimas novelas levadas ao ar pelas TVs [[Rede Tupi|Tupi]] e [[Rede Manchete|Manchete]]: ''[[Drácula, uma História de Amor|Drácula]]'' e ''[[Brida]]'', respectivamente.
 
Leôncio, o senhor algoz da personagem-título de ''[[Escrava Isaura (1976)|Escrava Isaura]]'',<ref>{{citar umweb|url=http://f5.folha.uol.com.br/televisao/1076201-novela-escrava-isaura-original-e-lancada-em-dvd.shtml|titulo=Novela dosA maioresescrava vilõesIsaura daoriginal [[teledramaturgiaé brasileira]],lançada éem consideradoDVD|autor= o|publicado=F5|data=14 maiorde papelabril de Rubens2012|acessodata=15 nade TV.dezembro de 2015|língua2=}}</ref>
, um dos maiores vilões da [[teledramaturgia brasileira]], é considerado o maior papel de Rubens na TV.
 
Nesse mesmo veículo, Rubens protagonizou por duas vezes o papel de imperador - Maximiliano em ''[[A Rainha Louca]]'' (1967), e Francisco José em ''[[A Última Valsa]]'' (1969) -, além de outras personagens de sucesso como o misterioso Agenor em ''[[O Grito (telenovela)|O Grito]]'' (1975); Samir Hayala em ''[[O Astro (1977)|O Astro]]'' (1977); Roberto Steen<ref>{{citar web|URL=http://memoriaglobo.globo.com/programas/entretenimento/novelas/a-sucessora/galeria-de-personagens.htm|título=A Sucessora|autor=|data=|publicado=[[Memória Globo]]|acessodata=11/11/2019}}</ref>, o protagonista masculino de ''[[A Sucessora]]'' (1978) ou o poderoso Daniel em ''[[Gaivotas (telenovela)|Gaivotas]]'' (1979).
5 360

edições