Diferenças entre edições de "Hélio Vígio"

362 bytes adicionados ,  19h41min de 4 de outubro de 2020
sem resumo de edição
m (Robô: Alteração da categoria redirecionada Naturais do Rio de Janeiro (cidade) para Naturais da cidade do Rio de Janeiro)
 
| sherdog =
}}
'''Hélio Vígio''' ([[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]], [[20 de maio]] de [[1934]] - [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]], [[15 de dezembro]] de [[2016]]) foi um lutador e árbitro de [[jiu-jitsu]] e [[vale-tudo]], e delegado de polícia. FoiComo policial participou da persguição de traficantes de drogas e outros criminosos do Rio de Janeiro, tendo também enfrentado acusações de corrupção.<ref>"Polêmico, Hélio Vígio foi temido como lutador e policial". https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2016/12/1844352-mortes-polemico-helio-vigio-foi-temido-como-lutador-e-policial.shtml</ref> um dos principais expoentes da Academia [[Família Gracie|Gracie]] nos anos 1940 e 50, e um dos poucos lutadores a receber a faixa vermelha, que é a graduação mais alta do [[jiu-jítsu brasileiro]]. Como árbitro, ele ficou famoso mundialmente por arbitrar, ao lado de [[João Alberto Barreto]], as lutas do [[UFC 1|primeiro UFC]], em 1993.<ref>[http://sportv.globo.com/site/combate/noticia/2016/12/curtinhas-morre-helio-vigio-arbitro-da-vitoria-de-royce-gracie-no-ufc-1.html sportv.globo.com/] ''Curtinhas: morre Hélio Vígio, árbitro da vitória de [[Royce Gracie]] no [[UFC 1]]''</ref> antes disso, ele já havia arbitrado o desafio [[Jiu-Jitsu vs Martial Arts]], ocorrido no [[Maracanãzinho]], em 1984.<ref>[http://www.mixedmartialarts.com/news/rest-in-peace-helio-vigio mixedmartialarts.com/] ''Rest in Peace Helio Vigio''</ref>
 
{{Referências}}
278

edições