Diferenças entre edições de "Damásio Pires Pimentel"

sem resumo de edição
 
[[Imagem:Cap. Damazio Pires Pimentel.jpg ‎‎|300px||thumb|Capitão Damásio Pires Pimentel]]
[[Imagem:Elvira Herminia Goulart Penteado-2.jpg ‎‎|140px|thumb|Dona Elvira Hermínia Penteado Pimentel]]
 
'''Damásio Pires Pimentel'''<ref>A grafia original era ''Damazio Pires Pimentel''</ref> ([[Amparo (São Paulo)|Amparo]], [[1853]] — [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], [[26 de novembro]] de [[1926]]) foi [[capitão]] da [[Guarda Nacional (Brasil)|Guarda Nacional]], proprietário rural e politico [[brasil]]eiro.
 
==Biografia==
 
Filho de João Pires Baptista e Maria Pires de Ávila, pertencia a tradicionais troncos paulistas, descendia por seu pai do [[Capitão]] [[Marcelino de Camargo]] e de Messia Ferreira Pimentel de Tavora (patriarcas da família Camargo Pimentel - veja: [[Palácio dos Pimentéis]] em [[Portugal]]), e por sua mãe, de João de Godoy Moreira e de Eufemia da Costa da Mota, havendo sido o donatário [[Martim Afonso de Sousa]] um de seus avoengos, assim como os Caciques [[Tibiriçá]], Piquerobi e ilustres [[Bandeirantes]]. [[Imagem:Cap. Damazio Pires Pimentel.jpg ‎‎|300px|right|thumb|'''Capitão''' Damazio Pires Pimentel]] [[Imagem:Elvira Herminia Goulart Penteado-2.jpg ‎‎|140px|left|thumb|'''Dona''' Elvira Herminia Penteado Pimentel - *[[1860]] +[[1934]]]]
 
A família Pires Pimentel ([[Camargo (sobrenome)|Camargos]]), foi fundadora dos municípios de [[Atibaia]]/SP, em [[1665]], na pessoa de [[Jerônimo de Camargo]] (irmão do Capitão Marcelino de Camargo, acima citado), de [[Ribeirão Pires]]/SP, em [[1716]], na do [[Mestre de Campo]] [[Antônio Pires de Ávila]], sargento-mor do distrito de Pitangui/MG que fora provido, em 27 de [[dezembro]] de [[1713]], a superintendente das minas do referido distrito, e de [[Bragança Paulista]] na de [[Antônio Pires Pimentel]] em 15 de [[dezembro]] de [[1763]]. Posteriormente, entre outros, vários bragantinos e atibaienses se dirigem a um bairro chamado Camandocaia - Sertão de Bragança - e em [[1824]] iniciam a estruturação do futuro município de [[Amparo (São Paulo)|Amparo]]. Seus tios maternos, Antonio Pedro e Jose Pedro de Godoy Moreira foram os primeiros eleitores de Amparo, no periodo de [[1870]] a [[1875]], já que no "antigo regime" havia o sistema de eleições indiretas e uns tantos contribuintes ou votantes davam direito à nomeação de um eleitor, que os representava no colégio eleitoral, nas eleições provinciais e gerais. Também, por esse ramo Godoy Moreira, fundadora de [[Pedreira (São Paulo)|Pedreira]]/SP, em [[1896]], na pessoa de seu tio materno o [[coronel]] [[João Pedro de Godoy Moreira]].
E ainda, por Alcina Pimentel de Toledo Piza, tio avô do Prefeito de São Paulo, em [[1956]], [[Vladimir de Toledo Piza|Wladimir de Toledo Piza]].
128 029

edições