Diferenças entre edições de "Usuário Discussão:Stego"

 
== Sudoeste Asiático Português ==
{{Movido para|[[Discussão:Estado da Índia]]}} --[[Usuário:Stego|Stego]] ([[Usuário Discussão:Stego|discussão]]) 01h05min de 25 de outubro de 2020 (UTC)
 
Caro Edmundo bom dia,
Chamo-me Alexandre Guerreiro, sou arquiteto,com pós graduação em Engenharia de Reabilitação de Estruturas históricos e a Frequentar um Mestrado de Expansão Portuguesa , em Lisboa.
 
Reparei ter removido o mapa da presença Portuguesa na Índia e Sudoeste Asiático.
 
No caso cada uma das localidades mencionadas a certa altura entre o século 15 & 20 encontravam se sob domínio Português. Este mapa mostra efectivamente a expansão máxima entre o século 15&17. De reparar que na costa oriental a presença foi menor , mas não daria para explicar a presença no Golfo de Bengala sem mencionar o actual Bangladesh e Birmânia. Acontece que militarmente qualquer fortaleza tem um raio de ação de 50 quilómetros. Se reparar as distâncias entre essas fortalezas garantiam o domínio sobre esse território mais próximo entre as mesmas.
 
No caso da costa ocidental obviamente a cordilheira dos Gates era a barreira natural ente a planície do Decão e a costa. Isso não foi impedimento no entanto para portugueses participarem militarmente em batalhas pelos seus aliados no interior indiano como em Raichur ou em Teliagarhi , ou mesmo na conquista de diversas localidades no interior indiano como operações punitivas de Guerra ex:(Parnera Hill)
 
No caso da presença permanente em toda a costa sugiro a leitura dos autores da Época como Diogo do Couto, João de Barros ou Fernão Lopes de Castanheda. Temos ainda livros muito interessantes como a coleção:volumes Batalhas e Combates da Marinha Portuguesa de Saturnino Monteiro (https://www.wook.pt/livro/batalhas-e-combates-da-marinha-portuguesa-vol-i-saturnino-monteiro/104659)
 
'''No caso representado a verde escuro são os sultanatos aliados ou sob influência Portuguesa:'''
Gujarate : sultanato aliado dependente do comércio com os portugueses. Era pedido auxílio militar a Portugal contra os invasores Mogois.Para o efeito eram oferecidos terras e direitos comerciais. Sultão morto pelos portugueses , na sucessão diversos territórios foram sendo oferecidos aos portugueses pelos sucessores em Guerra.
 
Ahmadnagar :Depois de ter sido aliado, entro em guerra cm Portugal tributário após a Guerra da Liga das Índias em 1571. Guerra permanente com Portugal pois a navegação só era autorizada mediante o pagamento de “ Cartazes” a Goa.
 
Bijapur : tributário após a Guerra da Liga das Índias em 1571.Já no início do século 16 o Anterior sultão foi deposto pelos portugueses e colocado outro no seu lugar aliado dos interesses de Portugal.
 
Vijayanagara : Aliado Indu permanente contra sultanatos árabes . Portugal fornecia além de cavalos para a Guerra , engenheiros , armas E soldados para campanhas , com uma presença permanente na Corte em Hampi.
 
Sultanato de Bengal: Aliou se aos portugueses para travar a invasão Mogol. Para o efeito doou terras o que permitiu à fundação de diversas colónias no Golfo de Bengala e no interior do continente onde actualmente existe o Bangladesh.
 
Efectivamente e muito extenso o tema , mas como entendo que tenha gosto pela história espero não ter sido exaustivo. Este tema é obviamente apaixonante , mas ver certos mapas onde é omitida boa parte da informação o tema como um todo deixa de fazer sentido. Por isso muitos historiadores não entendem como foi possível a Portugal dominar o comércio oriental quando vemos mapas com duas ou 3 bases quando afinal reflectem só as localidades principais de um território mais extenso.
 
Grato pela atenção, Até breve, um abraço[[Usuário(a):Hugo Refachinho|Hugo Refachinho]] ([[Usuário(a) Discussão:Hugo Refachinho|discussão]]) 18h57min de 24 de outubro de 2020 (UTC)
99 333

edições