Diferenças entre edições de "Cañón de los Perdidos"

sem resumo de edição
[[Ficheiro:Cañón de los Perdidos.jpg|right|thumb|300px|O Canyon.]]
O '''Cañón de los Perdidos''' ('''Canyon dos Perdidos''' em [[língua portuguesa|português]]) está localizado a sudoeste do [[Santiago (distrito de Ica)|distrito de Santiago]], no setor denominado Montegrande, [[Ica (província)|província de Ica]], [[Ica (região)|departamento de Ica]], [[Peru]].<ref>[https://web.archive.org/web/20201025221029/https://diariocorreo.pe/peru/ica-el-canon-de-los-perdidos-fotos-594814/ Ica: El Cañón de los perdidos (FOTOS)]</ref> 2 Tem uma extensão de 5 km e está a 40 km da cidade de [[Ocucaje]]. Foi descoberto em 2011.<ref>[https://peru.com/viajes/conozca-peru/canon-perdidos-belleza-natural-que-debes-visitar-noticia-479454 El Cañón de los Perdidos: una belleza natural que debes visitar]</ref> O canyon é formado pela erosão do rio Seco que deságua no rio Ica. No meio do canyon há uma lagoa. O local é frequentado por urubus.<ref>[https://emalgumlugardomundo.com.br/o-que-fazer-em-ica-peru/ O que fazer em Ica, no Peru: atrações e dicas de viagem]</ref>
 
O Canyon se forma quase no final do antigo canal do “Río Seco” ou “Riachuelo” em sua foz com o rio Ica, em direção ao Mar Peruano, no pequeno setor “Chilcatay”. O nome Cânion dos Perdidos, surge a partir de uma visita que o prefeito Pablo Alvites fez junto com alguns moradores e o jornalista Maycol Herrera Benavides, eles se perderam, mas no final conseguiram chegar ao citado cânion e o jornalista Maycol Herrera decide titular este relatório como o "Canyon of the Lost" e doravante é chamado assim.
 
==História==
No sábado, 11 de junho de 2011, os membros da "Associação de Promoção Turística e Cultural de Ocucaje", APTYCO, para conhecer aquele lugar, promoveram uma viagem e convidaram o prefeito Pablo Albites, o [[Paleontologia|paleontólogo]] Mario Urbina, a o jornalista Maycol Herrera Bendezú do Diario Correo Ica entre outros, formando dois grupos, em dois veículos, sendo que um deles consegue chegar ao destino, enquanto o outro se perde no deserto; e não consegue chegar ao Canyon, por isso o jornalista Maycol Herrera Bendezú disse: «A partir de hoje o canyon se chamará “El Cañón de los Perdidos”, com cujo nome deu o título de sua nota jornalística, emitida em Domingo, 12 de junho de 2011, no Diario Correo, edição regional do Ica.
 
A visita está documentada no vídeo “Cânion dos Perdidos no ICA-PERU, uma maravilha natural para o turismo”.
{{Referências}}
 
==Ligações externas==
{{commonscat|Cañon de los Perdidos}}