Diferenças entre edições de "Anápolis"

1 byte removido ,  00h00min de 26 de outubro de 2020
m
sem resumo de edição
m
m
'''Anápolis''' é um [[Município (Brasil)|município brasileiro]] do [[Interior de Goiás|interior]] do [[Unidades federativas do Brasil|estado]] de [[Goiás]], [[Região Centro-Oeste do Brasil|Região Centro-Oeste]] do país. Situada no Planalto Central Brasileiro, pertence à [[Mesorregião do Centro Goiano|Mesorregião Centro Goiano]] e à [[Microrregião de Anápolis]]. Sua altitude é de 1.017 metros,<ref name="geografos">{{citar web|url=http://www.geografos.com.br/cidades-goias/anapolis.php|título=Anápolis, Goiás - GO. Coordenadas Geográficas. Latitude, Longitude, Altitude e Área.|data=|publicado=Geógrafos.com|acessodata=30 de janeiro de 2017}}</ref> com clima tropical e uma estação seca. Uma de suas maiores características regionais é ter o clima mais ameno que a capital estadual Goiânia. Sendo sempre lembrada como a cidade mais fresca que a capital. A cidade está a 50&nbsp;km da capital goiana e a 140&nbsp;km da capital federal,<ref name="DM"/> fazendo parte de um eixo econômico e populacional que é a maior concentração urbana da região e seu principal pólo industrial.<ref name="Rev Z">{{citar web|url=http://revistazcultural.pacc.ufrj.br/a-aglomeracao-goiania-anapolis-brasilia-notas-de-pesquisa-e-sugestoes-de-politicas-de-brasilmar-ferreira-nunes/|título=A aglomeração Goiânia-Anápolis-Brasilia: notas de pesquisa e sugestões de políticas|autor=Brasilmar Ferreira Nunes|data=2011|publicado=Revista Z Cultural|acessodata=7 de setembro de 2011}}</ref>
 
Com população estimada em 2020 pelo [[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE) em 391.772 habitantes,<ref name="Estimativas da População Residente no Brasil e Unidades da Federação com data de Referência em 1º de Julho de 2019">{{citar web |url= ftp://ftp.ibge.gov.br/Estimativas_de_Populacao/Estimativas_2019/estimativa_dou_2019.pdf |publicado = Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) |titulo= Estimativa populacional de 2019 |acessodata = 18 de outubro de 2019 }}</ref>, constitui-se no terceiro maior município do estado em população e sua segunda maior força econômica, com um PIB de mais de R$ 14.204,319 bilhões em 2017.<ref name="IBGE_PIB"/>
 
A cidade se firmou como polo industrial, com destaque para o ramo farmacêutico a partir da instalação do [[DAIA|Distrito Agroindustrial]] em 1976.<ref>{{citar web|url=http://www.jornalcontexto.net/noticia_detalhe.php?id_noticia=588&&edicao=Edi%E7%E3o%20329%20-%2026%20de%20agosto%20a%201%20de%20setembro%20de%202011|título=Distrito "mudou" o perfil econômico de Goiás|autor=Vander Lúcio|data=13 de novembro de 2009|publicado=Jornal Contexto|acessodata=8 de setembro de 2011}}</ref> Anápolis foi apontada pela revista Veja em 2010 como uma das Vinte Cidades Brasileiras do Futuro em razão de seu grande potencial logístico.<ref>Segalla, V., (1 de setembro de 2010). "O porto de Goiás". Revista Veja, ed. 2180</ref> A cidade é cortada pelas rodovias federais [[BR-153]]<ref>{{citar web|url=http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2016/08/08/interna_cidadesdf,543502/conheca-a-historia-de-como-brasilia-integrou-o-pais.shtml|título=Conheça a história de como Brasília integrou o país por meio das rodovias|autor=Adriana Bernardes, Flávia Maia|data=8 de agosto de 2016|publicado=Correio Braziliense|acessodata=30 de janeiro de 2017}}</ref>, [[BR-060]]<ref name="maisgoiás">{{citar web|url=http://www.curtamais.com.br/goiania/10-razoes-pra-pegar-a-estrada-br-060-e-curtir-o-bate-e-volta-goiania-brasilia|título=10 razões pra pegar a estrada BR-060 e curtir o bate e volta Goiânia / Brasília|autor=Marcelo Albuquerque|data=17 de junho de 2016|publicado=Curta Mais|acessodata=30 de janeiro de 2017}}</ref> e [[BR-414]]<ref>{{citar web|url=http://www.jornalcontexto.net/trecho-urbano-da-br-414-cada-vez-mais-complicado|título=Trecho urbano da BR 414 cada vez mais complicado|autor=Vander Lúcio Barbosa|data=|publicado=Jornal Contexto|acessodata=30 de janeiro de 2017}}</ref>, pelas rodovias estaduais GO-222, GO-330, GO-437 e GO-560<ref>{{citar web|url=http://www.agetop.go.gov.br/arquivos/documentos/institucional-rodovias/rodovias.pdf|título=Relação Descritiva das Rodovias Estaduais - Sistema Rodoviário do Estado de Goiás|data=|publicado=Agência Goiana de Transporte e Obras|acessodata=30 de janeiro de 2017}}</ref> e pela Ferrovia Centro-Atlântica, sendo ponto inicial da Ferrovia Norte Sul, que está sendo integrada na FCA.