Diferenças entre edições de "Charles Dupuy"

2 bytes removidos ,  11h07min de 5 de novembro de 2020
m
 
== Biografia ==
Ele nasceu em Le Puy-en-Velay, Haute-Loire, [[Auvérnia|Auvergne]]. Depois de um período como professor de [[filosofia]] nas províncias, foi nomeado inspetor escolar, obtendo assim um conhecimento prático das necessidades da educação francesa. Em 1885 foi eleito para a câmara como um republicano oportunista. Depois de atuar como "relator" do orçamento da instrução pública, passou a ministro da secretaria, em Gabinete de [[Alexandre Ribot]], em 1892. Em abril de 1893 assumiu como ministro do Interior, mas renunciou no final de novembro e em 5 de dezembro foi eleito presidente da câmara. Durante sua primeira semana de mandato, um anarquista, Vaillant, que havia conseguido ser admitido na câmara, jogou uma bomba no presidente, e a resposta calma de Dupuy - "''Senhores, a sessão continua''" - rendeu-lhe muito crédito.
 
Em maio de 1894, ele tornou-se novamente premier e ministro do Interior; e ele estava ao lado do presidente [[Marie François Sadi Carnot|Carnot]] quando Carnot foi morto a facadas em [[Lyon]], em junho. Ele então se candidatou à [[Lista de presidentes da França|presidência]], mas foi derrotado, e seu gabinete permaneceu no cargo até janeiro de 1895; sob este governo, [[Alfred Dreyfus]] foi preso e condenado (23 de dezembro de 1894). O progresso do ''[[Caso Dreyfus]]'' lançou sua sombra sobre Dupuy, junto com outros "''ministráveis''" franceses, mas em novembro de 1898, depois que Henri Brisson finalmente remeteu o caso ao julgamento do tribunal de cassação, ele formou um gabinete republicano.