Diferenças entre edições de "Eleição suplementar para senador por Mato Grosso em 2020"

atualizando
(atualizando)
|eleito_partido=
}}
A '''eleição suplementar para o cargo de senador pelo [[Mato Grosso]]''' seráfoi realizada em 15 de novembro de 2020, paracom objetivo de eleger um novo senador para o estado, tendo em vista a cassação da senadora [[Selma Arruda]], já efetivada pelo [[Senado Federal]].<ref name="G1 Fávaro"/> Foi eleito o candidato [[Carlos Fávaro]], que já ocupava o mandato de forma interina desde abril.<ref>[https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2020/11/16/eleicao-suplementar-em-mato-grosso-confirma-carlos-favaro-como-senador Eleição suplementar em Mato Grosso confirma Carlos Fávaro como senador]</ref>
 
==Contexto==
No dia 10 de dezembro de 2019, o [[Tribunal Superior Eleitoral]] (TSE) julgou procedente a cassação do mandato da senadora Selma Arruda juntamente com seus suplentes, eleitos em [[Eleições estaduais em Mato Grosso em 2018|2018]], a ex-juíza foi acusada de omitir despesas de R$ 1,2 milhão em sua campanha eleitoral para a ocupação de uma das duas cadeiras do Estado de [[Mato Grosso]] no Senado, configurando supostos [[caixa dois]] e [[Abuso do poder econômico|abuso de poder econômico]]. ÉFoi necessário um ato burocrático da mesa diretora do Senado Federal para que a decisão tenha eficácia. Selma Arruda ainda pode recorrer ao [[Supremo Tribunal Federal]] (STF), mas o recurso, a princípio, não suspenderá a decisão do TSE.<ref>{{Citar web|titulo=Alcolumbre deve dar prosseguimento à cassação da senadora Selma Arruda após fim do recesso|url=https://g1.globo.com/politica/blog/matheus-leitao/post/2020/01/08/alcolumbre-deve-dar-prosseguimento-a-cassacao-da-senadora-selma-arruda-apos-fim-do-recesso.ghtml|obra=G1|acessodata=2020-01-18|lingua=pt-br}}</ref><ref name="G1 Fávaro"/>
 
O tribunal colegiado decidiu por convocar nova eleição para ocupação do cargo, a ser realizada em 15 de novembro de 2020, na mesma data do primeiro turno das [[Eleições municipais no Brasil em 2020|eleições municipais]]<ref>{{Citar web|titulo=TSE define data de nova eleição para o Senado em Mato Grosso|url=https://agenciabrasil.ebc.com.br/justica/noticia/2020-07/tse-define-data-de-nova-eleicao-para-o-senado-em-mato-grosso|obra=Agência Brasil|acessodata=2020-07-27|lingua=pt-br}}</ref>. Até esta data, [[Carlos Fávaro]] ([[Partido Social Democrático (2011)|PSD]]), terceiro nas eleições de 2018, detémdeteve o mandato provisoriamente, conforme autorizado pelo presidente do [[STF]], [[Dias Toffoli]].<ref name="G1 Fávaro">{{Citar web|titulo=Carlos Fávaro assume vaga no senado por MT após cassação de Selma Arruda|url=https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2020/04/17/carlos-favaro-assume-vaga-no-senado-por-mt-apos-cassacao-de-selma-arruda.ghtml|obra=G1|acessodata=2020-07-27|lingua=pt-br}}</ref><ref>{{Citar web|titulo=Cassada pelo TSE, Juíza Selma ganha sobrevida de quatro meses no Senado|url=https://www.em.com.br/app/noticia/politica/2020/04/10/interna_politica,1137497/cassada-pelo-tse-juiza-selma-ganha-sobrevida-de-quatro-meses-no-senad.shtmll|obra=Estado de Minas via Estado de S.Paulo|acessodata=2020-07-27|lingua=pt-br}}</ref>
 
==Processo eleitoral==
A eleição seráfoi disputada em turno único com o mais votado sendo declarado o vencedor da eleição independentemente da sua porcentagem de votos.
 
Originalmente, a eleição seria realizada em 26 de abril de 2020, no entanto, foi adiada pelo [[Tribunal Superior Eleitoral|TSE]] para 15 de novembro do mesmo ano, na mesma data das eleições municipais, devido à [[pandemia de COVID-19 no Brasil]].<ref>{{citar web|URL=https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2020/03/17/tse-adia-eleicao-para-escolha-do-senador-substituto-de-selma-arruda-em-mato-grosso.ghtml|título=TSE adia eleição para escolha do senador substituto de Selma Arruda em Mato Grosso|autor1=Fernanda Vivas|autor2=Mariana Oliveira|autor3=Rosanne D'Agostino|data=17 de março de 2020|publicado=[[G1]]|acessodata=13 de abril de 2020}}</ref>
60 586

edições