IA-64: diferenças entre revisões

26 bytes adicionados ,  18 de novembro de 2020
sem resumo de edição
(removendo interwiki desnecessário)
 
 
Isso dito, a HP tem vendido alguns poucos sistemas IA-64 para situações de exigência de alto poder de processamento numérico. Especula-se que a Intel estaria subsidiando pesadamente essa produção de baixo volume (portanto inerentemente cara) para tentar estabelecer a IA-64 como novo padrão de mercado, situação em que poderia eliminar competição da AMD e outras. Entretanto, isso a torna dependente dos [[sistemas livres]], que possibilitam a seus usuários uma portabilidade muito maior para outros sistemas desde ''[[mainframes]]'' até RISC, visto que a Microsoft tem cancelado vários produtos para IA-64; em última instância, abrir o mercado hoje fechado pela combinação MS e Intel para sistemas livres pode significar também sua abertura à IBM com seus processadores POWER, e portanto tornar-se finalmente desinteressante à própria Intel. Isso relegaria o Itanium a um fracasso equivalente ao do i432, i860 ou i960.
{{Controle de autoridade}}
 
{{esboço-hardware}}
{{Portal3|Tecnologias de informação}}