Diferenças entre edições de "Classe Tupi"

33 bytes adicionados ,  12h33min de 22 de novembro de 2020
Ajustes.
(Fontes.)
(Ajustes.)
|carga =
}}
A '''Classe Tupi''' é uma família de submarinos[[Submarino|embarcações]] da [[Força de Submarinos]] da [[Marinha do Brasil]], baseada no projeto alemão [[Classe_IKL-209-1400|U-209-1400]] e construída pelo estaleiro Howaldtswerke Deutsche Werft (HDW), em [[Kiel]], e pelo [[Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro]].<ref>{{Citar web |url=https://www.naval.com.br/ngb/T/T070/T070.htm |titulo=NGB - Submarino Tupi - S 30 |acessodata=2020-11-21 |website=www.naval.com.br}}</ref>
 
== Lista de submarinos ==
 
== Construção ==
Antes mesmo de organizar sua Força de Submarinos, em 1914, o Brasil tentou construir suas embarcações localmente, seja por projeto próprio ou com o apoio estrangeiro.
 
Após trinta anos de dependência de embarcações [[Estados Unidos|americanas]] de segunda usadasmão, quebrada apenas pela [[Classe Oberon]], o Brasil lançou o Plano de Reaparelhamento da Marinha (PRM), em 1979. Foi selecionado o projeto do ''Ingenieur Kontor Lubeck'' da Alemanha, chamado [[U-209]], um sucesso de exportações.
 
A primeira unidade foi construída na Alemanha, no estaleiro HDW, acompanhada por técnicos brasileiros. O Arsenal de Marinha recebeu uma série de adaptações, entre elas a construção de um novo pavilhão especificamente para este fim, compra de equipamentos, reestruturação de outras oficinas e um dique flutuante para a montagem final.
 
O casco resistente foi fabricado pela Nuclebrás Equipamentos Pesados (NUCLEP) e transportado por via marítima para o Arsenal. Três unidades da Classe Tupi e uma da [[Classe Tikuna]] foram construídas.<ref>{{Citar web |url=https://portogente.com.br/noticias/transporte-logistica/5205-capitao-ahylton-comanda-o-submarino-tupi-s-30 |titulo=Capitão Ahylton comanda o submarino Tupi-S 30 |acessodata=2020-11-21 |website=portogente.com.br |lingua=pt-br}}</ref>