Diferenças entre edições de "Escala de tempo geológico"

5 bytes adicionados ,  16h47min de 22 de novembro de 2020
→‎Formulação de tempo geológico: Ajuste de vocabulário necessário por possível tradução automática.
(→‎História antiga: Diagramação)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
(→‎Formulação de tempo geológico: Ajuste de vocabulário necessário por possível tradução automática.)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
=== Formulação de tempo geológico ===
As primeiras tentativas gravessérias que formulam uma escala de tempo geológico que poderia ser aplicada em qualquer lugar da Terra foram feitas no final do século XVIII. O mais influente das tentativas iniciais (defendido por [[Abraham Gottlob Werner|Werner]] e entre outros) dividiram as rochas da crosta da Terra em quatro tipos: primário, secundário, terciário e quaternário. Cada tipo de rocha, de acordo com a teoria, formada durante um período específico da história da Terra. Foi assim possível falar de um "período terciário", bem como "rochas terciárias". De fato, "Terciário" (agora Paleogeno e Neogeno) permaneceu em uso como o nome de um período geológico até o século XX e "Quaternário" permanece em uso formal como o nome do período atual. A identificação do Strata pelos fósseis que continha, pioneira por [[William Smith]], [[Georges Cuvier]], [[Jean d'Omalius d'Haloy]] e [[Alexandre Brongniart]] no início do século XIX, permitiu geólogos para dividir a história da Terra mais precisamente. Também permitiu que eles correlacionassem estratos através dos limite nacional (ou até continental). Se dois estratos (embora distantes no espaço ou diferentes em composição) contivessem os mesmos fósseis, as chances eram boas de que eles tivessem sido depositados ao mesmo tempo. Estudos detalhados entre 1820 e 1850 dos estratos e fósseis da Europa produziram a sequência dos períodos geológicos ainda hoje utilizados.
 
=== Nomenclatura de períodos geológicos, eras e épocas geológicas ===
21

edições