Diferenças entre edições de "Vasco Anes Corte-Real (II)"

1 byte adicionado ,  20h20min de 29 de novembro de 2020
Combateu em [[Marrocos]], onde em 1495 se notabilizou ao capturar um chefe mouro, referido como [[Ali Barraxo]] nas fontes portuguesas. Os seus descendentes incluíram uma bandeira na heráldica familiar em memória da bandeira capturada deste chefe.
 
Como filho primogénito, foi o sucessor de seu pai, João Vaz Corte-Real, nas capitanias de Angra e da ilha de São Jorge, em que foi confirmado por carta de 2 de julho de 1497.<ref name="enciclo"/> Também recebeu a propriedade dos ofícios da [[ilha da GraçaGarça]], que intentara descobrir, mas não achou, o que confirma que continuou os esforços de descobrimentos no oeste do Atlântico, actividades em que o seu pai e irmãos se haviam notabilizado.
 
No arranque do caminho de honrarias que faria da família [[Corte Real]] uma das mais importantes de Portugal,<ref>[http://www.culturacores.azores.gov.pt/ea/pesquisa/Default.aspx?id=2163 «Corte-Real» na ''Enciclopédia Açoriana''].</ref> recebeu muitas outras mercês reais, nomeadamente, em 1500, o [[monopólio]] da venda do sal da ilha Terceira. O mesmo rei ainda lhe concedeu a doação de tudo o que seus irmãos [[Gaspar Corte-Real]] e [[Miguel Corte-Real]] tivessem descoberto nas suas viagens à [[Terra Nova dos Bacalhaus]], em viagens para as quais ele próprio tinha concorrido com a sua fazenda.<ref name="enciclo"/>
 
Os [[Corte-Real]] foram uma família distinta originária de [[Tavira]] nos séculos XV e XVI, ligados ao descobrimento da [[Terra Nova e Labrador]] e exploração do [[Canadá]] cerca do ano de [[1472]]. O [[NRP Corte-Real (F332)]], navio da [[Marinha de Portugal]], recebeu este nome como homenagem aos navegadores desta família.<ref>{{Citar web |url=http://www.marinha.pt/Marinha/PT/Menu/DescobrirMarinha/MeiosOperacionais/Superficie/Fragatas/VascodaGama/CR.htm |titulo=Marinha de Portugal |acessodata=2009-02-28 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20090407053638/http://www.marinha.pt/Marinha/PT/Menu/DescobrirMarinha/MeiosOperacionais/Superficie/Fragatas/VascodaGama/CR.htm |arquivodata=2009-04-07 |urlmorta=yes }}</ref>
 
== Descendência ==
Casou com D. Joana da Silva, filha de Garcia de Melo, alcaide-mor de [[Serpa]]. Deste seu casamento com Joana Pereira, nasceram 4 filhos e 2 filhas,<ref>{{citar livro|título=Nobiliário das Famílias de Portugal|ultimo=|primeiro=|editora=|ano=|local=|páginas=volume IV - pp.650-|acessodata=}}</ref> a saber: