Diferenças entre edições de "Palmira Sérgio Lopes"

links
(links)
Em 2019, Palmira publicou o livro ''Práticas populares de cuidado, ação comunitária e promoção da saúde: experiências e reflexões''. No prefácio, o professor da Universidade Federal da Paraíba Eymard Vasconcelos a chamou de "referência nacional no trabalho de organização popular" e "uma grande animadora do movimento de saúde" da região de João Pessoa. "Ela também sempre foi grande parceira dos estudantes envolvidos nos projetos de extensão popular da UFPB, ajudando a ensiná-los sobre os caminhos do protagonismo popular em saúde. Seu gosto e seu saber sobre plantas medicinais foram ainda muito importantes na organização de iniciativas de valorização da fitoterapia na UFPB. [...] Em muitos eventos nacionais importantes, tem sido chamada para falar em nome do MOPS, pelo reconhecimento de sua integridade e compromisso histórico com as causas populares. E tem se posicionado, nesses espaços de grande visibilidade na mídia, de forma, ao mesmo tempo, simples e brilhante. [...] Representa um símbolo de grande significado pedagógico, tanto para os trabalhadores das políticas públicas como para as classes populares".<ref>Vasconcelos, Eymard Mourão. [https://www.ufpb.br/redepopsaude/contents/biblioteca-1/praticas-populares-de-cuidado-acao-comunitaria-e-promocao-da-saude/livro-palmirasergiolopes.pdf "Prefácio"]. In: Lopes, Palmira Sérgio. ''Práticas populares de cuidado, ação comunitária e promoção da saúde: experiências e reflexões''. Editora CCTA, 2019, pp. 15-23</ref> Segundo apreciação da Rede de Educação Popular e Saúde, a obra é um documento importante para "a compreensão da importância das práticas populares como medida complementar do cuidado em saúde", e contribui para "valorizar e reconhecer o trabalho desempenhado por essa Educadora Popular para que seja referenciada por suas ações e sabedorias e que seu trabalho sirva de inspiração para aqueles que buscam conhecimento na área".<ref>[https://www.ufpb.br/redepopsaude/contents/noticias/livro-sobre-as-praticas-populares-de-saude-a-partir-da-vida-de-dona-palmira "Livro sobre as práticas populares de saúde a partir da vida de Dona Palmira"]. Rede de Educação Popular e Saúde, 16/02/2020 </ref>
 
Segundo Iris Abílio, Palmira Lopes "é uma referência dentre os protagonistas das práticas populares de saúde, de Educação Popular e dos movimentos sociais no estado da Paraíba". Teve uma "participação importante na construção da [[Política Nacional da Educação Popular em Saúde]], não se furtando a contribuir nas [[Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares|Políticas Nacionais dasde PraticasPráticas Integrativas e Complementares]] no SUS". Em suas atividades "demonstrou também um forte compromisso com os grupos oprimidos da sociedade, articulando-se também com a classe feminina nas lutas populares na qual se envolveu, revelando o lado político e o empoderamento das mulheres. Indo na contramão das opressões sofridas perante o conservadorismo muito presente naquela época, na qual as mulheres eram excluídas da parte econômica e política".<ref name=mono/>
 
{{referências|col=2}}