Diferenças entre edições de "Protestos na Rússia em 2021"

m
sem resumo de edição
m
 
== Contexto ==
Em 20 de agosto de 2020, a Navalny foi hospitalizadahospitalizado em estado grave depois de ter adoecido com um agente nervoso durante um vôo de [[Tomsk]] para [[Moscou]]. Ele foi evacuado medicamente para [[Berlim]] e recebeu alta em 22 de setembro. O uso de um agente nervoso [[Novichok]] foi confirmado pela Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPCW).<ref>{{Citar web |url=https://expresso.pt/internacional/2020-09-23-Envenenamento-grave.-Opositor-russo-Navalny-teve-alta-do-hospital-32-dias-depois |titulo=“Envenenamento grave”. Opositor russo Navalny teve alta do hospital, 32 dias depois |acessodata=2021-01-23 |website=[[Expresso (Portugal)|Jornal Expresso]] |lingua=pt-PT}}</ref> Embora o Kremlin tenha negado o envolvimento em seu envenenamento, a [[União Europeia|UE]] e o [[Reino Unido]] responderam impondo sanções a seis altos funcionários russos e a um centro químico estatal da Rússia.<ref>{{Citar web |ultimo=Silva |primeiro=Isabel Marques da |url=https://pt.euronews.com/2020/10/15/uniao-europeia-impoe-sancoes-a-seis-russos-no-caso-navalny |titulo=União Europeia impõe sanções a seis russos no caso Navalny |data=2020-10-15 |acessodata=2021-01-23 |website=euronews |lingua=pt}}</ref><ref>{{Citar periódico |titulo=Navalny Novichok poisoning: EU sanctions hit top Russians |url=https://www.bbc.com/news/world-europe-54552480 |jornal=[[BBC News]] |data=2020-10-15 |acessodata=2021-01-23 |lingua=en-GB}}</ref> Navalny acusou o presidente [[Vladimir Putin]] de ser responsável por seu envenenamento.<ref>{{Citar periódico |titulo=Líder de oposição russa Navalny culpa Putin por envenenamento e promete voltar à Rússia |url=https://www.reuters.com/article/russia-navalny-envenenamento-culpa-idLTAKBN26M5Y3 |jornal=[[Reuters]] |data=2020-10-01 |acessodata=2021-01-23 |lingua=en |primeiro=Reuters |ultimo=Staff}}</ref> Uma investigação dos jornalistas da ''Bellingcat'' e do jornal russo ''The Insider'' implicou agentes do Serviço Federal de Segurança ([[Serviço Federal de Segurança|FSB]]) no envenenamento da Navalny.<ref>{{Citar periódico |titulo=Alexei Navalny: Report names 'Russian agents' in poisoning case |url=https://www.bbc.com/news/world-europe-55303703 |jornal=[[BBC News]] |data=2020-12-14 |acessodata=2021-01-23 |lingua=en-GB |citação=But investigative journalists at Bellingcat and Russian news site The Insider have now published a report implicating FSB agents in the incident.}}</ref>
 
Em 17 de janeiro de 2021, Navalny retornou à Rússia,<ref>{{Citar web |url=https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/01/17/opositor-alexei-navalny-volta-para-a-russia-apesar-dos-riscos.ghtml |titulo=Opositor Alexei Navalny volta para a Rússia, apesar dos riscos |acessodata=2021-01-23 |website=G1 |lingua=pt-br}}</ref> onde foi imediatamente detido sob acusações de violação dos termos de uma pena de prisão suspensa.<ref>{{Citar web |url=https://www.dw.com/pt-br/opositor-russo-alexei-navalny-%C3%A9-preso-ao-desembarcar-em-moscou/a-56257145 |titulo=Opositor russo Alexei Navalny é preso ao desembarcar em Moscou {{!}} DW {{!}} 17.01.2021 |acessodata=2021-01-23 |website=[[Deutsche Welle|DW]].COM |lingua=pt-BR}}</ref> Antes de seu retorno, o Serviço Penitenciário Federal (FSIN) disse que Navalny pode enfrentar pena de prisão quando chegar a Moscou por violar os termos de sua liberdade condicional, dizendo que seria "obrigado" a detê-lo quando retornasse;<ref>{{Citar web |publicado=[[Agence France-Presse|AFP]] |primeiro=Anastasia |ultimo=Clark |url=https://www.themoscowtimes.com/2021/01/14/russia-says-obliged-to-detain-navalny-upon-return-a72611 |titulo=Russia Warns 'Obliged' to Detain Kremlin Critic Navalny on Return |data=2021-01-14 |acessodata=2021-01-23 |website=The Moscow Times |lingua=en}}</ref> em 2014, Navalny recebeu uma sentença suspensa no caso Yves Rocher, que ele chamou de motivada politicamente e, em 2017, o [[Tribunal Europeu dos Direitos Humanos|Tribunal Europeu de Direitos Humanos]] decidiu que Navalny foi condenado injustamente.<ref>{{Citar web |url=https://expresso.pt/internacional/2020-11-10-Caso-Navalny.-Tribunal-Direitos-Humanos-condena-Russia-por-tratamento-degradante |titulo=Caso Navalny. Tribunal Direitos Humanos condena Rússia por tratamento degradante |acessodata=2021-01-23 |website=[[Expresso (Portugal)|Jornal Expresso]] |lingua=pt-PT}}</ref><ref>{{Citar web |url=https://www.europarl.europa.eu/doceo/document/TA-9-2021-0018_PT.html |titulo=Textos aprovados - A detenção de Alexei Navalny - Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021 |acessodata=2021-01-23 |website=www.europarl.europa.eu |lingua=pt}}</ref>
9

edições