Diferenças entre edições de "Cristóvão Clávio"

Sem alteração do tamanho ,  22h13min de 2 de fevereiro de 2021
m
sem resumo de edição
(Ajustes)
m
[[Image:Clavius - In Sphaeram Ioannis de Sacro Bosco commentarius, 1585 - 89735.jpg|thumb|''In Sphaeram Ioannis de Sacro Bosco commentarius'', 1585]]
 
Clávio deixou uma abundante produção matemática. Escreveu sobre um leque de temas muito amplo, em obras que foram editadas várias vezes :.
 
Enquanto matemático, redigiu, em [[1574]], uma versão latina dos [[Elementos de Euclides]], que incluiu muitos elementos resultates das suas pesquisas. Esta versão ficou a ser uma versão de base para todos os matemáticos do [[Renascimento]], como [[René Descartes|Descartes]] e [[Leibniz]].
Clávio foi o autor de um livro de [[Álgebra]] ([[Roma]], [[1608]]), onde foram introduzidos pela primeira vez em Itália os símbolos « + » et « - ». Foi igualmente o primeiro a utilizar o [[ponto decimal]].
 
Adversário de [[Nicolau Copérnico]], Clávio teve grande importância na reforma do [[calendário gregoriano]], o que fez dele o inimigo de vários matemáticos, como [[François Viète]]. Este último, numa série de satirassátiras como o ''Adversus C. Clavium expostulatio'', acusou Clávio de se ter enganado a propósito do significado do trabalho de seu antecessor junto do papa [[Gregório XIII]], o matemático [[Luigi Giglio|Aloysius Lilius]].
 
Clavius foi chamado o [[Euclides]] do século XVI. O seu nome foi dado à [[cratera]] Clavius, a segunda maior da face visível da [[lua]].