Diferenças entre edições de "António Segadães Tavares"

Adicionei duas fotos relacionadas com o texto
m (Robô: Alteração da categoria redirecionada Alumni do Instituto Superior Técnico para Alunos do Instituto Superior Técnico)
(Adicionei duas fotos relacionadas com o texto)
 
Apoiante do [[MPLA]], regressa a [[África Ocidental Portuguesa|Angola]], onde se torna docente na Faculdade de Engenharia da [[Universidade de Luanda]]. Porém, um assalto à sua casa, ocorrido em [[outubro]] de [[1975]], fá-lo regressar de imediato. Mais tarde vem a lecionar na [[Universidade Nova de Lisboa]], exercendo ainda as funções de director do Departamento de Estudos e Projectos da [[Teixeira Duarte]] ([[1976]]-[[1980]]), de director técnico da Triede ([[1980]]-[[1986]]) e de director da Segadães Tavares & Associados, a partir de [[1986]].
[[Ficheiro:PALA do Pavilhão de Portugal.jpg|miniaturadaimagem|PALA do Pavilhão de Portugal – Exposição Mundial de 1998, Lisboa. Foto: António Segadães Tavares]]
[[Ficheiro:Aeroporto da Madeira-Pista.jpg|alt=(Foto: ANAM - Aeroportos e Navegação Aérea da Madeira, SA)|centro|miniaturadaimagem|AEROPORTO da MADEIRA-Pista - Foto ANAM - Aeroportos e Navegação Aérea da Madeira, SA]]
 
Destacam-se entre os seus projetos o premiado "Projecto da Ampliação da Pista do Aeroporto da Madeira, a emblemática pala do [[Pavilhão de Portugal]], o [[Centro Cultural de Belém]], o [[Centro Vasco da Gama]], o [[Le Méridien|Hotel Le Méridien]] de [[Lisboa]], a sede do [[Montepio Geral]], a reconstrução da zona ardida do [[Chiado]], o reforço do túnel do [[Rossio]], em [[Lisboa]], e o edifício do [[Banco de Portugal]] em [[Évora]]. Em [[Luanda]] assinou o [[Instituto Karl Marx]] (atual Instituto Médio de Economia), o Estádio da Cidadela e a sede do BES Angola. Segadães Tavares, que advoga uma engenharia funcional, considera incontornável a sua simbiose com a arquitetura.
1

edição